A administradora de carteira BTG Pactual Serviços Financeiros S.A. DTVM, juntamente com a administradora e gestora do fundo VBI Logístico (LVBI11), que é a VBI Real Estate Gestão de Carteiras Ltda., comunicaram ao mercado nesta sexta-feira (5), a celebração de um contrato de locação do Ativo Araucária com a empresa Magazine Luiza S.A.

O contrato de locação do LVBI11 se refere à totalidade da Área Bruta Locável (ABL) do Ativo Araucária, e prevê a realização de melhorias na área do galpão. Além disso, este contrato prevê também o acréscimo de 4.300 m² de ABL, totalizando 47.157 m².

As melhorias que serão feitas pelo VBI Logístico tem como objetivo tornar o imóvel mais eficiente no modo operacional para a Magazine Luiza, assim como preparar o imóvel para uma futura expansão adicional, que pode ser de até 12.400 m² de ABL.

Além disso, no dia 04 de fevereiro de 2021, o LVBI11 celebrou a rescisão de contrato com a atual locatária deste imóvel, a DHL Logistics, conforme anunciado em fato relevante no dia 1 de setembro de 2020, que havia anunciado a rescisão de forma antecipada.

Por conta da rescisão contratual antecipada, o VBI Logístico vai agir conforme a multa prevista em contrato por esse motivo. A desocupação do imóvel será feita no dia 30 de abril de 2021, mas no contrato estava previsto uma ocupação até o dia 31 de agosto de 2021.

O novo contrato do LVBI11 com a Magazine Luiza, celebrado no dia 24 de fevereiro de 2021, é um contrato de formato típico e terá início a partir de maio de 2021, cujo prazo de duração é de 60 meses, equivalente a 5 anos.

Com o fechamento do contrato e a expansão do imóvel que será realizada pelo VBI Logístico, o total de Área Bruta Locável vai chegar a 47.157 m² e o valor do aluguel será pago pela Magazine Luiza é equivalente, nesta data, a cerca de R$0,08 por cota.

Diante desse fato, o fundo LVBI11 afirma que está à disposição para qualquer eventual esclarecimento adicional que seja necessário.

Saiba mais sobre o LVBI11

O LVBI11 teve sua 1ª oferta pública de cotas no dia 16 de novembro de 2018. Considerando o valor ajustado pelo rendimento até a data do dia 29 de janeiro de 2021, o fundo acumulou 32,7%. No mesmo período o IFIX obteve desempenho de 26,4% e o CDI 9,0%, todos valores positivos.

LVBI11 assina contrato de locação com Magazine Luiza

Até o final de janeiro, o DHL Logistics, atual locatário do imóvel do contrato que foi rescindido, ocupa 19% da receita referente a alocação por inquilino, apresentando a maior fatia desse total. Nesse sentido, as 5 maiores presenças além da DHL que vem em seguida são:

  • Ambev - 18%;
  • Outros - 16%;
  • Dia - 13%;
  • IBL - 11%;
  • Alfa Laval - 9%.

LVBI11 assina contrato de locação com Magazine Luiza

Vale ressaltar que o objetivo do fundo LVBI11 é a obtenção de renda e ganho de capital, através do investimento de pelo menos 2/3 do seu patrimônio líquido diretamente em imóveis ou direitos reais sobre imóveis do segmento logístico ou industrial, assim como por meio de ações ou cotas de sociedades específicas, incluindo cotas de FIIs e de FIPs.

No portfólio do VBI Logístico no mês de janeiro, apresentou-se 266.553 m² de Área Bruta Locável e 23 locatários no total. Além disso, o número de galpões logísticos neste período era 6, ao todo. Enquanto isso, a vacância física do fundo chegou a 3,6% e a vacância financeira a 0,7%.

Além disso, segundo informações divulgadas em seu último relatório gerencial, referente ao mês de janeiro de 2021, o LVBI11 tinha até o fechamento do mês um patrimônio líquido de quase R$1,299 bilhão, enquanto o market cap no mesmo período foi de aproximadamente R$1,384 bilhão.

O VBI Logístico apresentou também 11,775 milhões de cotas emitidas. Sendo assim, o valor de mercado da cota foi de R$117,52, enquanto o valor patrimonial da cota foi de R$110,32.

O dividendo pago por cota pelo LVBI11 durante o mês foi de R$0,52, frente ao total de R$6,1 milhões de rendimento distribuído, que foram divulgados no dia 29 de janeiro de 2021 e pagos no dia 05 de fevereiro de 2021.