A administradora de fundos Genial Investimentos Corretora de Valores Mobiliários S.A., com a gestora BRPP Gestão de Produtos Estruturados, do fundo Malls Brasil Plural (MALL11), anunciou nesta sexta-feira (13) a atualização das mudanças nas restrições de shoppings.

O comunicado do MALL11 ocorre diante dos acontecimentos decorrentes da COVID-19, atualizando e informando o mercado e os cotistas do fundo sobre as alterações nas atividades dos shoppings que fazem parte do portfólio do Malls Brasil Plural.

Durante a semana, dentre algumas mudanças nas restrições impostas aos seguintes shoppings, está o Maceió Shopping, em que seu cinema passou a operar com 50% de sua capacidade total.

Do mesmo modo, o cinema do Shopping Tacaruna também começa a operar com metade da capacidade. Já para o Shopping Taboão e Suzano Shopping, ambos que fazem parte do portfólio do MALL11, o cinema dessas propriedades passa a operar com 80% da sua capacidade total.

A situação dos shoppings do MALL11

O fundo apresentou uma tabela informando a situação das atividades dos shoppings, que segundo ele, diz que acontece “em linha com as melhores práticas de governança e transparência e com o objetivo de facilitar o acompanhamento do mercado e dos cotistas do fundo sobre as constantes modificações nas medidas restritivas impostas pelos estados e municípios devido ao progresso ou regresso dos efeitos da pandemia”.

Nessa tabela do MALL11 foi destacado também a situação de outros 3 shoppings, além dos que já foram citados até então. Um deles é o Boulevard Shopping Feira de Santana, que localiza em Feira de Santana - BA e está com 50% de ocupação. Além disso, Shopping Park Lagos se localiza em Cabo Frio - RJ, também com metade da ocupação. Acompanhe a tabela completa:

MALL11 anuncia atualização das mudanças em restrições de shoppings

Já o Shopping Park Sul, que fica em Volta Redonda - RJ, tem 50% de ocupação. A administradora e a gestora do MALL11 continuam em contato com as administradoras dos shoppings que fazem parte do portfólio do fundo.

O Malls Brasil Plural também permanece monitorando atentamente a situação e mapeando potenciais impactos. O MALL11 diz que vai continuar mantendo os “cotistas e o mercado em geral informados sobre novos eventos que possam de alguma forma impactá-los”.

Saiba mais sobre o Malls Brasil Plural

O objetivo do MALL11 é obter renda por meio da exploração imobiliária de participações em shopping centers no Brasil. Além disso, se busca o ganho de capital, comprando e vendendo os ativos na carteira do Malls Brasil Plural.

Em seu último relatório gerencial divulgado, os 7 shoppings centers que compõem o portfólio do MALL11 apresentavam os seguintes percentuais do patrimônio líquido:

  • Maceió Shopping - 28,61%;
  • Boulevard Shopping Feira - 13,89%;
  • Shopping Park Sul - 13,77%.
  • Shopping Park Lagos - 13,73%;
  • Suzano Shopping - 9,90%;
  • Shopping Taboão - 7,08%;
  • Shopping Tacaruna - 5,47%.

Além disso, as aplicações financeiras do MALL11 totalizaram cerca de R$ 60,28 milhões no dia 30 de junho 2021. Assim, as aplicações financeiras contaram a compra de LFTs e a alocação em Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs).

O número de cotistas do MALL11 até o final do mês de junho alcançou a marca de 86.375. Do mesmo modo que a cota patrimonial alcançou a marca dos R$ 104,74, que em meio a 7.560.351 de cotas emitidas, resultou em um patrimônio líquido de cerca de R$ 791,84 milhões.