O Fundo de Investimento Imobiliário Mérito Desenvolvimento Imobiliário I (MFII11), administrado pelo Planner Corretora de Valores, divulgou o seu relatório do terceiro trimestre de 2021, em que descreveu seus resultados e rendimentos mensais.

O objetivo principal MFII11 é a aquisição de participações em empreendimentos imobiliários desenvolvidos através de uma parceria com incorporadoras, que, segundo o fundo, tem excelência comprovada. Além disso, as incorporadoras têm uma atuação ativa do gestor na seleção e no monitoramento dos ativos.

A taxa de administração do Mérito Desenvolvimento Imobiliário I é 2,0% ao ano sobre patrimônio líquido a mercado. A taxa de performance do fundo é de 20% sobre o que exceder o CDI.

O início do MFII11 foi em março de 2013 e até os dias de hoje, este possui 4.146.900 de cotas emitidas. A classificação do fundo está em desenvolvimento. O gestor do Mérito Desenvolvimento Imobiliário I é o Mérito Investimentos.

Portfólio do Mérito Desenvolvimento Imobiliário I

O MFII11 possui 25 ativos em sua carteira. Do total, 10 foram concluídos, 9 estão pré-lançamento, 5 em obras e 1 empresa é incorporadora. O fundo ainda contou com 8 empreendimentos desinvestidos e mais de 4,8 milhões m² concluídos.

Além disso, estima-se que Mérito Desenvolvimento Imobiliário I tem 910 mil m² que serão entregues em diferentes estados do Brasil. Por segmento, o MFII11 possui 67% em urbanização e 33% em incorporação residencial.

Em relação às fases do desenvolvimento do MFII11, 52% estão concluídos, 23% estão em pré-lançamento e 25% em obras. Já na classificação por renda, essa distribuição ocorre da seguinte forma:

  • Baixa Renda - 59%;

  • Média/Baixa Renda - 27%;

  • Média Renda - 12%;

  • Média/Alta Renda - 2%.

MFII11 anuncia relatório do terceiro trimestre de 2021

A composição da carteira de ativos imobiliários do Mérito Desenvolvimento Imobiliário I (MFII11) com os 5 ativos com maior percentual se distribui da seguinte forma:

  1. Terras da Estância - 16,7%;

  2. Luar de Rio Largo - 7,1%;

  3. Residencial Campo Verde - 4,7%;

  4. Damha Fit - 4,3%;

  5. GSP Golden - 4,2%.

Resultados e rendimentos do MFII11

O valor patrimonial por cota alcançou a marca dos R$ 104,80 e o número de cotistas é de 30.057. O rendimento por cota do Mérito Desenvolvimento Imobiliário I desde o início do fundo alcançou a marca dos R$ 104,64, trazendo uma rentabilidade de 184,43%, que corresponde a 183,92% CDI líquido de IR.

O MFII11 distribuiu no mês de outubro R$ 1,10 por cota em rendimentos. O saldo de caixa inicial do ano de 2021 foi de R$ 59,49 milhões. As receitas do fundo em 2021 foram de R$ 960 mil, enquanto as despesas foram de R$ 18,49 milhões.

O saldo de caixa final estimado em 2021 é de R$ 188,05 milhões. O patrimônio líquido do fundo MFII11 é de R$ 434,58 milhões. Além disso, a estimativa de distribuição por cota para o ano de 2022 realizada pelo fundo é de R$ 13,20.