A gestão do Maxi Renda FII (MXRF11), detalhou em seu Relatório Gerencial divulgado na segunda-feira (24), a performance do fundo no mês de abril. Desta forma, a gestora XP Asset Management publicou os resultados do FII e descreveu a movimentação de carteira do fundo. 

A gestão relatou que os rendimentos do mês foram de R$ 0,085 por cota, no total de R$ 15,52 milhões. Observe na tabela abaixo:

MXRF11

Esse resultado foi composto por operações várias operações que estão nas estratégias do MXRF, a saber:

  • Permutas financeiras, que  distribuíram no mês R$ 1,50 milhão de dividendos
  • Investimento em CRI o resultado caixa do fundo foi de R$ 15,07 milhões
  • No book de FII o resultado foi de R$ 290 mil

Em relação à 7ª Emissão de Cotas, a XP Asset informou que foram emitidas 43.551.683 cotas, resultando um montante total de R$ 427.242.010,23. 

Também referente ao mês de abril, a gestora afirmou que a “curva de juros fechou o mês com perda de inclinação em relação a março. Os principais motores do movimento foram a aprovação do Orçamento 2021, sancionado com vetos parciais pelo Presidente Jair Bolsonaro, aliviando incertezas em relação ao risco fiscal envolvido e juros dos títulos longos nos EUA que inverteram a tendência de alta, e se acomodaram ao recorde 1,6%”. 

Movimentação da carteira de investimentos do MXRF11

No book de CRIs a gestão seguiu com a estratégia de reciclagem de portfólio, com destaques para as alienações dos CRIs GPA e FS Bioenergia. Essas operações geraram lucro de R$ 880 mil. 

Também , o MXRF11 operam na venda dos CRIs 

  • Unitah, 
  • HelborMulti Renda, 
  • Cogna Educação, 
  • WAM São Pedro e RNI 

Desta forma, essas operações foram no valor total de R$ 43,28 milhões. 

Já no tocante às operações de compra, durante o mês o fundo investiu: 

  • R$ 20,0 milhões no CRI Unitah 
  • R$ 10,0 milhões no CRI Helbor Multi Renda 
  • R$ 1,4 milhão no CRI Cogna Educação 
  • R$ 10,5 milhões em novas tranches do CRI WAM São Pedro 
  • R$ 1,40 milhão no CRI RNI.

Em relação às permutas financeiras, o MXRF11 investiu R$ 18,38 milhões. A gestora ainda reforçou que “novos desembolsos estão previstos para os próximos meses”. 

O MXRF11 “segue sua estratégia de manter um portfólio composto de CRIs com boa qualidade, com foco em originação e estruturação próprias.

Por este motivo, existem prêmios implícitos nas taxas dos papéis, que permitem que o Fundo consiga gerar ganho de capital em operações no mercado secundário”, informou a gestão. 

Abaixo, observe o portfólio do fundo e a ênfase de investimentos em cada classe de ativos:

MXRF11

Operações no mercado de FIIs

A XP Asset reafirma que seu time de gestão segue com uma postura mais seletiva em relação aos novos investimentos em FIIs. Desta forma, a carteira de investimentos em FIIs representa uma estratégia de alocação tática. 

Durante o mês, o MXRF11 investiu R$ 1,90 milhão no FII Rooftop (ROOF11) e a estratégia possui novas chamadas de capital nos próximos meses. 

A carteira de FIIs encerrou o mês de abril com saldo de R$ 50,09 milhões.

Conheça o MXRF11

O Maxi Renda FII é um fundo de papel com objetivo de rentabilizar por meio da aplicação de seus recursos em ativos financeiros com lastro imobiliário, tais como CRI, Debênture, LCI, LH e cotas de FIIs.

Também, o patrimônio líquido do fundo é de R$2,02 bilhões e com 200.271.405 de cotas emitidas. Atualmente, o fundo conta com mais de 375 mil cotistas , o maior da indústria de FIIs no Brasil.

Para quem deseja investir no MXRF11, o preço patrimonial da sua cota é de R$10,02, sendo sua taxa de administração de 0,90%a.a. sobre patrimônio líquido.