RECR11 aposta em “giro de carteira” para aumentar taxa de retorno

Com dividendos em patamar semelhante aos últimos meses, a gestão do RECR11 explica estratégia para aumentar taxa de retorno do FII.

RECR11 aposta em “giro de carteira” para aumentar taxa de retorno

O fundo imobiliário RECR11 divulgou nesta segunda-feira (8) os resultados do mês de dezembro. O FII distribuirá rendimentos de R$ 0,7598, o equivalente a 0,86% de dividend yield mensal. O responsável pela gestora, Moise Politi, explicou os ganhos do mês e a estratégia de reciclagem de carteira do fundo.

Nas redes sociais, Politi disse que o RECR11 fez algumas vendas com objetivo de renovar o portfólio. “Existem novas oportunidades no mercado com taxas interessantes”, destacou.

Ao todo foram 14 vendas de CRIs e alienação de cotas do fundo imobiliário SNCI11. Na ponta compradora, o FII RECR11 fez dois novos investimentos, com taxas de IPCA + 9% e IPCA + 8,5% ao ano.   

Politi também disse que o patamar de distribuição segue próximo dos meses anteriores. Do resultado de dezembro, um dos fatores que afetou os ganhos do fundo foi a menor quantidade de dias úteis do mês, além do IPCA mais baixo. 

Os próximos dividendos do RECR11 representam 125% do CDI. No acumulado dos últimos 12 meses, a distribuição de rendimentos do fundo corresponde a R$ 10,67/cota.

Por fim, o fundo segue na tentativa de alugar ou vender o imóvel localizado em São Paulo, o Morumbi Plaza. Em 2023, o RECR11 recebeu o ativo em seu portfólio após alienação fiduciária.   

Conheça o RECR11

O RECR11 é um fundo imobiliário de papel. Ele investe em empreendimentos imobiliários por meio do investimento em ativos de crédito, principalmente certificados de recebíveis imobiliários (CRIs). O fundo possui uma carteira diversificada, com mais de 90 ativos.

O FII de papel da REC Gestão de Recursos possui um total de 179.558  investidores, emitiu 26.441.650 de cotas desde seu início. O fundo tem uma participação no IFIX de 1,969%.

O fundo distribuiu entre dezembro de 2017 e dezembro de 2023, um montante acumulado de 101,5%, versus um CDI acumulado (líquido de tributo) de 46,3%.

Para quem deseja investir no fundo imobiliário RECR11, o valor patrimonial de sua cota é de R$96,15, sendo sua taxa de administração 0,20% a.a.

Tags
foto: Gustavo Silva
Gustavo Silva

Jornalista com doutorado pela UFMG e produtor de conteúdo da unidade de mídias da Suno. Também trabalha no Suno Notícias e Funds Explorer, fazendo a cobertura de FIIs, Fiagro e FI-Infra.

últimas notícias