A TG Core, gestora do TG Ativo Real (TGAR11), detalhou em seu último Relatório Gerencial divulgado nesta sexta-feira (23), os resultados do fundo no mês de março. Além disso, a gestão trouxe detalhes sobre os ativos que compõem o portfólio do TGAR11. 

A gestão informou que, em março, o fundo investiu R$ 103,60 milhões. Isso inclui diversas operações, tais como:

  • Novos ativos imobiliários, 
  • Ativos de crédito e equity 
  • Desenvolvimento de ativos (construção)

Em relação aos ativos de crédito, foram adquiridos dois novos CRIs, conforme detalhado mais à frente. 

No que se refere aos ativos de equity, foi concretizada a aquisição de 33,12% da controladora da Cipasa Urbanismo. De acordo com a gestora, a Cipasa é “um dos maiores players de desenvolvimento urbano no ramo de loteamentos”. 

No geral, nos últimos sete meses até o último mês de março, o TGAR11 alocou R$ 420,50 milhões, dentre equity e crédito, o que corresponde à média de R$ 60,07 milhões por mês.  Confira abaixo:

TGAR11

Resultados de março do TGAR11

No mês passado, o TGAR11 distribuiu R$ 1,30 por cota, o que correspondeu a um dividend yield anualizados de 12,01%.  Na tabela abaixo, veja o demonstrativo de resultados:

TGAR11 A gestão informou que o fundo encerrou o mês de março com 49,86% do seu patrimônio líquido alocado em ativos das classes equities loteamento e CRIs.

Desta forma, tanto os loteamentos quando a carteira de CRIs “seguiram sendo a principal fonte de receita do Fundo, em linha com o foco no desenvolvimento imobiliário, com destaque aos loteamentos abertos”, informou a TG Core.  

O resultado do mês é explicado pelas seguintes variáveis: 

 Saúde das carteiras de recebíveis de empreendimentos

  • Adimplência de todos os repasses, 
  • Contratos indexados ao IGP-M, que trouxe bastante retorno ao fundo.

Setor de loteamento (equity)

A TG Core destacou que a classe de Equity - investimento em loteamentos - é responsável por 49,86% do Patrimônio Líquido do fundo, correspondendo ao montante de R$ 474,68 milhões. 

São 76 empreendimentos no total, sendo 68 com obras e/ou vendas iniciadas (49,37% do PL), dentre os quais 47 com obras mais de 98% executadas e 8 considerados landbank (0,49% do PL). 

No geral, há sempre boa procura pelos ativos nas unidades dos empreendimentos, o que tem representado rápida comercialização de unidades nos diferentes loteamentos que compõe o portfólio do fundo. 

Certificados de Recebíveis Imobiliários - 18,23% do PL

O TGAR11 possui 18,23% do patrimônio alocado em 32 séries de CRI, correspondendo ao valor de R$ 173,56 milhões. 

De acordo com a TG Core, a taxa média de juros da carteira de CRI teve um aumento, variando de inflação + 11,07% a.a para inflação + 11,51% a.a. 

 

Setor de shoppings e ativos na bolsa 

A gestão ressaltou que apenas 4,77% do patrimônio líquido do fundo está aplicado em shoppings. E por causa da restrição do comércio decorrente da pandemia do coronavírus, foi implementado desconto de 50% sobre o aluguel e o condomínio de março e isenção total do aluguel até junho. 

Sobre os ativo que o TGAR11 possui na bolsa de valores, a gestora informou que o fundo investiu tem ações da Alphaville S.A (AVLL3) e cotas do Brio Crédito Estruturado (BICE11). 

Em relação ao primeiro ativo, o TGAR11 aderiu à Oferta Pública Inicial (IPO) da Alphaville S.A., integralizando o montante de R$ 25,99 milhões. 

Vem mais emissão de cotas pela frente!

Na semana passada (13), a TG Core divulgou ao mercado o documento sobre a 10ª Emissão de cotas do TGAR11.

A emissão contará com o montante inicial de R$ 420 milhões. “O preço unitário por cota será de R$ 128,67, acrescido do valor de R$ 4,91, referente aos custos de distribuição, para um valor consolidado de emissão de R$ 133,58 por cota”, informou a gestão.

Conheça o TGAR11

O TGAR11 é um fundo imobiliário do tipo tijolo (desenvolvimento). O foco de seus investimentos está na construção de imóveis para venda, além de investir em CRIs e ativos na bolsa de valores. 

O TG Ativo Real possui patrimônio líquido de R$952 milhões e tem aproximadamente 5.963.902 de cotas emitidas. Ao todo, o fundo possui 129 empreendimentos, localizados em 16 estados do Brasil.

Para quem deseja investir no TGAR11, o preço atual da sua cota é de R$140,00 (última atualização 23/04), sendo sua taxa de administração 1,5%a.a.