O Fundo de Investimento Imobiliário Vinci Imóveis Urbanos (VIUR11), administrado pela BRL Trust DTVM S.A. e gerido por Vinci Real Estate Gestora de Recursos LTDA., divulgou ao mercado e aos cotistas nesta sexta-feira (18), através de fato relevante, a compra da totalidade do Grande Center, no Maranhão.

Sendo assim, a aquisição do Vinci Imóveis Urbanos (VIUR11) se trata de um importante centro comercial. O Grande Center se localiza na Rua Grande, que por sua vez, é o principal calçadão comercial de São Luís, no Maranhão.

VIUR11 anuncia a compra do imóvel Grande Center no Maranhão

Saiba mais sobre a aquisição do VIUR11

A compra do Grande Center foi uma aquisição aprovada pelos cotistas do VIUR11. Esta aprovação corresponde com a ata da assembleia-geral extraordinária divulgada no dia 17 de junho. Nesta ocasião, envolveu-se a aquisição da totalidade das ações da Arles Empreendimentos e Participações S.A.

A empresa Arles possui 100% do Grande Center e no futuro a companhia vai ser extinta após uma restruturação societária. O valor da operação desta compra do Vinci Imóveis Urbanos é de R$ 37 milhões. Considerando o saldo da dívida atual que a empresa apresenta, o montante será quitado em até 12 meses.

Além disso, levando em conta esta dívida e o montante da operação de compra, o VIUR11 precisou desembolsar R$ 15,9 milhões. Estima-se que o cap rate envolvido é de 10,8% nos próximos 12 meses. Esse cap rate está considerando o valor de R$ 37 milhões, que é o valor de compra e venda do imóvel.

Veja mais detalhes da compra do Vinci Imóveis Urbanos

Sendo assim, o Vinci Imóveis Urbanos adquiriu o seu terceiro ativo. Nesse sentido, a soma dos valores das três aquisições do fundo corresponde a cerca de 45% dos recursos líquidos que, segundo o VIUR11, foram “captados na 1ª emissão de cotas do fundo, encerrada em 31 de maio de 2021”.

O NOI que o Vinci Imóveis Urbanos espera através da aquisição desse imóvel nos 12 meses seguintes é de aproximadamente R$ 4 milhões. O fundo estima esse número para a receita operacional líquida corresponde a R$ 0,12 por cota mensais. Embora tenha sido colada essa estimativa, o fundo diz que isso não é “promessa ou garantia de rentabilidade ou isenção de riscos para os cotistas”.

O imóvel, que pertence agora ao VIUR11, tem 7.500 m² de área construída. Nesse modo, é um centro comercial com 3 pavimentos. A locação do imóvel está vigente até maio de 2033 para as lojas da Le Biscuit S.A.. Vale destacar que até maio de 2026 este contrato de locação está na modalidade atípica.

A compra VIUR11, segundo o próprio fundo, está totalmente inserida em sua estratégia sobre o segmento de varejo. Essa estratégia está relacionada ao investimento em imóveis localizados em áreas de grande fluxo, além de centros comerciais. O gestor do fundo acredita que o “crescimento do varejo se beneficiará com a retomada econômica”.