O XP Industrial Fundo de Investimento Imobiliário (XPIN11), representado por sua gestora XP Vista Asset Management, comunicou aos seus cotistas nesta última terça-feira (24) os resultados do fundo referentes à julho. Também, a gestão detalhou a subscrição de novas cotas e saída de locatário de área do fundo.  

Referente ao mês de junho, a distribuição de R$ 0,64 por cota foi comunicada no dia 06 de agosto. De acordo com a XP Vista Asset, esse valor corresponde ao dividend yield anualizado de 7,7% em relação ao valor da cota de mercado no fechamento do mês (R$ 100,11/cota). Confira na tabela abaixo:

XPIN11

O resultado decorreu do recebimento de todos os valores de locação devidos ao XPIN11, além da antecipação, por 3 locatários, dos aluguéis que seriam devidos no mês de agosto. 

Já no mercado secundário, o volume de negociação da cota foi de R$ 28,4 milhões, com uma média diária de R$ 1,4 milhão. Na verdade, houve uma redução de 6% em relação à média do mês anterior. 

No dia 17 deste mês, a gestão comunicou ao mercado sobre o encerramento do período de exercício do Direito de Sobras e Montante Adicional. Da mesma forma, foi informado sobre a liquidação das novas cotas subscritas durante o Período de Exercício do Direito de Sobras e Montante Adicional. 

Por isso, em 18 de agosto, começou o período de subscrição de novas cotas por Investidores Profissionais. 

Saída de um locatário

Entre o relatório do mês passado e este novo texto, a gestora informou que ocorreu apenas um evento de movimentação de locatários do portfólio do fundo. Houve a rescisão parcial de 2.866 m² da área alugada pela THC no condomínio Barão de Mauá. Isso se deu por uma reestruturação das operações da empresa.  

Sobre a locação dos espaços vagos, a gestão juntamente com a equipe comercial da BBP “estão engajadas na prospecção de potenciais locatários e possuem algumas negociações em andamento neste momento”, destacou a XP Vista Asset.

Observe abaixo o perfil do portfólio do fundo, neste caso, em relação à vacância e o setor de atuação dos locatários:

XPIN11

Conheça o XPIN11

O XP Industrial Fundo de Investimento Imobiliário (XPIN11) tem como objetivo a obtenção de renda e ganho de capital por meio da compra de ativos imobiliários industriais ou logísticos. Isso inclui imóveis que estão em construção ou imóveis prontos para venda, locação ou arrendamento.

O fundo possui patrimônio líquido de R$730 milhões e tem cerca de 52.225 cotistas. 

Para quem deseja investir neste XPIN11, o valor patrimonial de sua cota é de R$110,95, sendo sua taxa de administração de 75%-0,60% a.a., em regra de cascata, sobre o valor de mercado do fundo, conforme previsto no regulamento.