Vale a pena investir 100% em FIIs? Descubra aqui!

Tendo em mente que muitos investidores acham mais simples aplicar em Fundos Imobiliários do que em outros tipos de ativos, uma dúvida bastante comum é: vale a pena investir 100% em FIIs?

Se você está montando a sua carteira e essa dúvida também já chegou até você, faça a leitura dos próximos tópicos e descubra agora se vale a pena investir 100% em FIIs! Vamos lá?

Por que investir em FIIs?

vale-a-pena-investir-100-em-fiis

Os Fundos Imobiliários chamam atenção, principalmente no Brasil, por diversos fatores. Veja:

  • Na maior parte do tempo, são isentos de Imposto de Renda (saiba mais);
  • Seus dividendos já ultrapassam os das ações;
  • Podem ser ativos bastante diversificados;
  • Oferecem a possibilidade de lucrar com aluguéis, sem a necessidade de arcar com um imóvel físico.

Por esses e outros motivos, os FIIs acabaram caindo com facilidade na graça dos brasileiros, que já investiam no mercado imobiliário “à moda antiga” há muito tempo.

Os FIIs possuem diversas opções: fundos de tijolo, fundos de papel e até fundos híbridos, proporcionando, assim, diferentes opções para quem deseja se inserir no mercado imobiliário por meio deles.

No entanto, por apresentarem diversas vantagens, muitos investidores começam a considerar: “e se eu investisse 100% da carteira em FIIs”?

É seguro investir 100% em Fundos Imobiliários?

Quando se pensa em aplicar dinheiro em qualquer investimento, sempre deve-se pensar sobre o tamanho do risco que isso traz. E, claro, não seria diferente quando se trata de investir 100% em determinado ativo, visto que é uma decisão arriscada.

Se você nos acompanha, já deve saber que um dos segredos para se manter seguro em meio ao mundo dos investimentos é manter uma carteira sempre diversificada. Assim, se um fator gera prejuízo, o outro ainda pode gerar lucro.

“Mas, sabendo que existem tantas opções diferentes em meio aos FIIs, esse fator ainda deve ser levado como uma prioridade?”

Sim. Afinal, os Fundos Imobiliários, apesar de apresentarem vantagens (citamos algumas no tópico anterior), também oferecem riscos, e tudo isso deve ser colocado na balança - ainda mais se você pretende investir integralmente seu dinheiro nisso.

Caso você não conheça todos os riscos que investir em FIIs pode trazer, selecionamos os principais para te mostrar. Veja:

  • Risco de vacância física ou financeira;
  • Possibilidade de desvalorização do Real;
  • Riscos relacionados à qualidade da Gestão;
  • Crises no setor, de uma forma geral;

Tendo isso em mente, saiba que não há um “melhor ou pior” nos investimentos, porém, para investir 100% em determinada área, é preciso ter muita segurança no que está fazendo.

O que pode acontecer ao investir 100% em FIIs

Tendo em mente que o investimento é somente em um setor da economia, se por algum motivo, o setor imobiliário sofre uma crise e entra em colapso, seria apenas um setor impactado.

Nessa situação hipotética, em meio ao caos que se instalaria, quem tem seu dinheiro investido em outras áreas não sofreria tanto impacto. Mesmo que seus fundos imobiliários causassem perdas, outras áreas poderiam compensar isso até que o outro setor se estabilizasse.

Enquanto isso, quem tivesse investimentos aplicados apenas em FIIs - principalmente em imóveis comerciais -, uma hora ou outra, sentiria as consequências de ter uma carteira pouco diversificada.

De qualquer forma, o mais seguro é ter uma segunda fonte de investimentos gerando renda quando a principal não estiver em um bom momento.

É assim que um investidor se mantém estável até tudo se normalizar ao invés de, no momento do desespero, vender todas as suas cotas só para ver a situação voltando ao normal algum tempo depois e se arrepender da decisão.

Por isso, como citamos acima, a diversificação é uma das chaves para estabilidade nos investimentos. Então, acompanhe o próximo tópico e entenda como fazer isso!

Como diversificar a sua carteira de investimentos

O ideal para manter uma carteira equilibrada é sempre manter o seu dinheiro aplicado em diferentes tipos de investimentos: FII’s, ações, Tesouro Direto, CDI’s, entre outros. 

No entanto, caso você realmente queira investir 100% dos seus recursos em Fundos Imobiliários, busque ainda manter uma certa diversificação entre eles.

Aposte em imóveis comerciais com FIIs de shopping, por exemplo, mas mantendo uma parte dos investimentos focada em imóveis residenciais. 

Pois, por mais que os FIIs que investem em imóveis residenciais sofram com o risco maior de vacância, eles ainda poderão continuar te dando uma base caso algo ocorra e afete os seus imóveis comerciais.

Mesmo assim, levando em consideração diferentes situações que podem acontecer futuramente envolvendo a economia brasileira, saiba que a segunda opção ainda não te mantém 100% seguro.

Afinal, caso ocorra uma mudança significativa (como a alteração de alguma lei envolvendo os aluguéis) que afete todo o setor imobiliário, o prejuízo vai te cercar dos dois lados. E, bom, isso definitivamente não seria muito agradável.

Converse com um gestor

vale-a-pena-investir-100-em-fiis

Por fim, se você ainda está na dúvida e não sabe se os FIIs valem a pena a ponto de adquirir apenas eles, busque conversar com um gestor sobre a situação.

Estes profissionais já conhecem o mercado imobiliário e saberão te auxiliar com a sua dúvida sobre se vale a pena investir 100% em FIIs ou não. Com a ajuda de um deles, você conseguirá montar a carteira de ativos mais equilibrada possível.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Autor

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.


Comentários