O‌‌‌ ‌‌‌‌‌‌IFIX‌‌‌‌‌‌ ‌‌fechou‌‌ ‌‌‌a‌‌‌ ‌‌‌última‌‌‌ sexta-feira‌‌‌ ‌‌‌(8)‌‌‌ ‌‌‌em‌‌ queda de 0,02%,‌‌‌ ‌‌terminando‌‌ ‌‌‌o‌‌‌ ‌‌‌dia‌‌‌ ‌‌‌em‌‌ ‌‌2.792 pontos.‌‌‌ ‌‌‌No‌‌‌ ‌‌‌acumulado‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌mês‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ julho ‌‌‌e‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌ano‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ ‌‌‌2022,‌‌‌ ‌‌‌a‌‌‌ ‌‌‌variação‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌índice‌‌‌ ‌‌‌é‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ -0,12 ‌‌‌e‌‌‌ -0,45%‌‌,‌‌‌ ‌‌‌respectivamente.‌‌‌ ‌

Em resumo, BTLG11 quer incorporar fundos e criar um novo FII , enquanto o VISC11 divulga intenção de aumentar dividendos. 

Confira‌‌ ‌‌as‌‌ ‌‌principais‌‌ ‌‌notícias‌‌ ‌‌do‌‌ ‌‌mercado‌‌ ‌‌de‌‌ ‌‌FIIs:‌‌

BTLG11 quer incorporar novos fundos e criar mais um 

A gestão do BTG Pactual Logística FII (BTLG11) mostrou aos cotistas nesta última sexta-feira (8), como a Assembleia Geral Extraordinário pode contribuir para modernizar o fundo em maior geração de valor. A gestora explicou ponto por ponto sobre as pautas a serem votadas pelos investidores. 

As pautas identificadas como de maior importância pela gestora é a incorporação de dois fundos do mercado ao BTLG11, e a exploração pelo BTLG das superfícies de alguns ativos visando geração de renda via produção de energia fotovoltaica.

Como são pautas que envolvem a estrutura do fundo, elas exigem quórum qualificado, ou 25% da base apta para votação. O formato da votação será via Carta Consulta.

A gestora comenta que esses fundos são pequenos em relação ao BTLG11, que possuem ativos que podem agregar valor ao BTLG11. A gestora diz que o primeiro FII evidencia um portfólio de melhor qualidade técnica e uma sensível valorização patrimonial a ser repassada ao BTLG11. 

As vantagens para o fundo com a incorporação dos dois FIIs, é que o BTLG11 “investe em novos ativos sem alavancagem, sem custos de emissão ou necessidade de aportes pelos cotistas”, garante a gestora. 

Criação de novo FII: geração de maior renda

O BTLG11 pretende ir além. A gestora propõe à assembleia a criação de um FII próprio para explorar as superfícies dos seus galpões, para criação de receita para os ativos do BTLG11 e valorização patrimonial.

O novo FII vai explorar as superfícies, sendo estruturado dentro do BTLG11. O novo veículo terá o direito real de utilização da superfície dos tetos dos galpões do BTLG11 por prazo equivalente ao contrato dos painéis solares (usina fotovoltaica) para ali explorar comercialmente a área da superfície hoje ociosa. 

Por fim, a Consulta Formal teve início na quinta-feira (7), com término em 30 dias após as votação.

O BTG Pactual Logística é um fundo imobiliário de tijolo com objetivo de obtenção de renda e ganho de capital por meio de investimentos em imóveis destinados a operações de armazéns logísticos e plantas industriais.

VISC11 quer aumentar os dividendos este ano, apresentando resultados melhores

A gestora do Vinci Shoppings Centers FII (VISC11) trouxe em relatório gerencial sua perspectiva de aumentar dividendos no segundo semestre. Além disso, o fundo mostra seus resultados e rendimento referente aos meses anteriores, que superou suas expectativas. 

Referente ao mês de junho, a distribuição de rendimentos anunciada pelo VISC11 foi de R$ 0,70/cota, enquanto o resultado gerado foi levemente superior, de R$ 0,71/cota. O fundo ainda possui um resultado acumulado não distribuído de R$ 0,43/cota que poderá ser utilizado para distribuições futuras. 

Com base na expectativa de resultado dos shoppings que estão no portfólio do fundo, a estimativa da gestora é uma distribuição de rendimentos entre R$ 0,68 e R$ 0,72 por cota até dezembro de 2022. 

Resultados operacionais em alta

Os indicadores operacionais dos shoppings do portfólio apresentaram resultados positivos, acima do estimado pela gestora. Todos esses números se referem ao mês de maio, comparado também aos anos de 2021 e 2019 (antes da pandemia).

Dos resultados do fundo, a gestora destacou as vendas totais/m², que atingiram R$ 1.367/m², o valor que representa o maior patamar desde novembro de 2019 e um crescimento de 60,0% em relação ao mesmo mês do ano anterior. 

O Vinci Shoppings Centers FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo. Seu objetivo é a obtenção de renda por meio da aquisição ou venda de ativos imobiliários, em especial os shoppings centers.