BROF11 faz novo investimento com retorno de IPCA + 9%; confira os detalhes da operação

O fundo imobiliário BROF11 divulgou um novo investimento para seu portfólio. Entenda a operação.

BROF11 faz novo investimento com retorno de IPCA + 9%; confira os detalhes da operação

O fundo imobiliário BROF11 divulgou nesta quarta-feira (3) um novo investimento para seu portfólio. O FII comprou cotas do BETW11, gerido pela BRPR. A rentabilidade alvo da operação é de IPCA + 9% ao longo de dez anos.

O BROF11 pagou o montante total de R$ 216 milhões pelas cotas do FII. Para viabilizar a aquisição, foram levantados recursos por meio de um Certificação de Recebíveis Imobiliários (CRI), também no prazo de dez anos. O custo para o BROF11 será de IPCA + 8,25% a.a. 

A gestora explica que, apesar das cotas seniores adquiridas representarem 86% do patrimônio líquido do BETW11, o fundo receberá 100% dos rendimentos mensais do BETW11. 

A gestão do fundo imobiliário BROF11 ressalta que com o pré-pagamento do CRI, o fundo terá um rendimento equivalente a 13% a.a. “Considerando a expectativa de mercado da SELIC em 9,0% a.a. ao final de 2024, o investimento gerará um spread positivo de aproximadamente 4% a.a”, afirma a BRPR.

O FII BETW11 é proprietário de 8.945 m² (31,65%) do Edifício E-Tower, com escritórios em padrão AAA, localizado na região da JK/Faria Lima, com 87% de ocupação da área.

O fundo BROF11 pode, inclusive, fazer a compra do imóvel em questão durante o prazo de duração do BETW11, liquidando o FII.

Conheça o fundo imobiliário BROF11

O fundo BROF11 tem como objetivo gerar valor para o acionista através de investimentos em imóveis comerciais (lajes corporativas) estrategicamente localizados nas principais regiões do país.

Os últimos dividendos do BROF11, pagos em dezembro de 2023, foram de R$ 0,56 por cota, o que corresponde a um dividend yield anualizado de 10,5%. 

Com dois imóveis premium, a gestão do fundo aposta na qualidade dos ativos para gerar renda recorrente. Um dos ativos é um triple A localizado no centro do Rio de Janeiro, o Passeio Corporate. O ativo possui uma taxa de ocupação de 96%, com inquilinos de diferentes setores do mercado.

Em Nova Lima, região metropolitana de Belo Horizonte, o fundo imobiliário BROF11 possui um imóvel que está 100% locado pela Vale.

Tags
foto do autor: Gustavo Silva
Gustavo Silva

Jornalista com doutorado pela UFMG e produtor de conteúdo da unidade de mídias da Suno. Também trabalha no Suno Notícias e Funds Explorer, fazendo a cobertura de FIIs, Fiagro e FI-Infra.

últimas notícias