O Fundo de Investimento Imobiliário CSHG Recebíveis Imobiliários (HGCR11), administrado pela Credit Suisse, divulgou nesta quinta-feira (9) o seu relatório gerencial do mês de agosto, em qual descreveu seu resultado e rendimento mensal.

Durante o mês de agosto, as movimentações do HGCR11 foram:

  • Reestruturação do CRI denominado Giftlog, com quitação do mesmo no valor de R$ 26,1 milhões e compra de duas novas séries de CRIs. Essa operação gerou um lucro de R$ 93,4 mil;
  • Aumento da posição em R$ 1,8 milhão do FII SPVJ11, através da 3ª emissão de cotas;
  • Venda de R$ 1,2 milhão do CRI Rede D’or via mercado secundário à taxa de IPCA+5,23% ao ano;
  • Vendas adicionais de R$ 6,9 milhões em cotas de FIIs, que geraram lucro de R$ 162,9 mil.

Durante o mês, se fez a movimentação total entre compras e vendas na ordem de R$ 87,1 milhões. Assim, a alocação líquida total foi positivas em R$ 18,7 milhões, de forma que o HGCR11 encerrou o mês com 98,5% de seu patrimônio líquido alocado ativos alvo, frente a 97,5% em julho.

Portfólio do CSHG Recebíveis Imobiliários

O HGCR11 terminou o mês com alocação de 98,5% do patrimônio líquido em ativos alvo. Assim, se tem a posição de CRIs distribuída em 52,3% indexada ao CDI e 47,7% indexada a índices de inflação. No mesmo período, o fundo ressalta que ocorreu

Todos os CRIs, com exceção do CRI Goiabeiras, conforme relatado nos relatórios anteriores, seguem adimplentes e não houve durante o mês nenhum novo pleito decorrente do cenário provocado pela pandemia do Covid-19.

Na carteira de CRIs do HGCR11, o que se tem a maior posição é Iguatemi Fortaleza Sr., com 6,15%. Do percentual de CRIs do fundo, se tem a seguinte distribuição setorial:

  • Varejo - 34%;
  • Residencial - 29%;
  • Logística - 27%;
  • Educacional - 5%;
  • Varejo - 5%;
  • Hotel - 4%;
  • Saúde - 1%.

Veja mais detalhes do portfólio do CSHG Recebíveis Imobiliários

HGCR11 divulga resultado e dividendo do mês de agosto de 2021

Resultados e rendimentos do HGCR11

No dia 15 de setembro de 2021, o pagamento dos rendimentos do HGCR11 aos cotistas será em 31 de agosto. O valor desses rendimentos é de R$ 0,80 por cota. Nesse período, a cota patrimonial que foi ajustada por rendimentos, teve uma variação positiva de 0,5%. No período dos últimos 12 meses, essa variação é positiva em 3,1%, equivalente a 149,0% do CDI.

Além disso, a cota do HGCR11 em bolsa de valores que foi ajustada por rendimentos teve uma variação negativa de 1,8% no mês, enquanto o CDI variou 0,4% de forma positiva e se teve uma negativa de 2,6% para o IFIX. A variação no ano da cota foi positiva em 8,4%.

O HGCR11 terminou o primeiro semestre de 2021 com valor distribuído de 105,9% do resultado apurado no semestre. Desse modo, o dividend yield é de 9,2%. O valor de mercado do fundo foi de R$ 103,84 por cota, que em meio as cotas emitidas, totaliza o valor de mercado do fundo de R$ 1,3 bilhão.

O valor patrimonial da cota é de R$ 102,67, de modo que o número de cotistas atingiu a marca dos 59.822 investidores. O resultado líquido do HGCR11 no mês de agosto foi de R$ 8,68 milhões, com receitas recorrentes de quase R$ 9,55 milhões.