O Fundo de Investimento Imobiliário HSI Malls (HSML11), administrado pela Santander Caceis Brasil DTVM, divulgou nesta quinta-feira (7) o seu relatório gerencial do mês de setembro, em que descreveu seu resultado e rendimento mensal.

Conforme aponta o relatório do HSML11, o fundo visa a obtenção de renda e ganho de capital, através do investimento em imóveis ou direitos reais sobre imóveis prontos do segmento de Shopping Centers.

Essa renda e ganho de capital do HSI Malls seria através de aquisição para posterior locação, arrendamento, exploração do direito de superfície ou alienação, inclusive de bens e direitos a eles relacionados.

O portfólio do HSML11, segundo o fundo, vem tendo “melhor performance após o alívio das restrições, significativamente acima do orçado”. No mês de agosto, o resultado realizado acabou sendo 27% maior do que o fundo previa.

Assim como em meses anteriores, o fundo diz que esse resultado “tem servido para elevarmos o pagamento de dividendos do fundo”. Do mesmo modo, o fundo ressaltou que as contas de inadimplência e descontos vem convergindo para as médias históricas e deverão terminar o ano nas mínimas do período.

Portfólio do HSI Malls

O portfólio do HSML11 se distribui em 5 shoppings, que são ordenados do maior ao menor em Área Bruta Locável (ABL) total da seguinte forma:

  • Pátio Maceió - 41.540 m²;
  • Metrô Tucuruvi - 32.998 m²;
  • Granja Vianna - 30.377 m²;
  • Via Verde Shopping - 28.576 m²;
  • Super Shopping Osasco - 17.984 m².

Importante dizer que 97,8% do portfólio do HSI Malls está em imóveis, 2,0% em renda fixa e 0,2% em FII. A composição de vendas está em 38% em SPT e 31% em SMT. Além disso, 69% da receita do fundo é através de AMM.

Na tipologia de lojas, a maior parte é âncora, que representa 64% do total. A taxa de ocupação do fundo alcançou a marca dos 95,2%, enquanto a área vaga foi de 4,8%. Na composição do NOI, 38% está em SMT.

HSML11 divulga resultado e rendimento mensal de setembro de 2021

Resultados e rendimentos do HSML11

O valor de mercado do HSML11 terminou o mês em R$ 1,262 bilhão. Considerando a rentabilidade calculada através do método da cota ajustada, em que se assume que os proventos pagos são reinvestidos no próprio Fundo de Investimento Imobiliário (FII), o desempenho do fundo foi de -0,6% em setembro.

No mesmo período, o IFIX teve desempenho de -1,2% e o CDI líquido de 0,38%. O Dividend Yield do fundo foi de 0,65%. Desde a primeira emissão, o HSI Malls acumula -10,4% de rentabilidade, utilizando-se a mesma metodologia.

Por conta da operação parcial dos ativos, a distribuição do mês foi cerca de R$ 7,89 milhões, ou melhor, R$ 0,52 por cota, o que confirmou o resultado imobiliário com tendência positiva que se havia. Sendo assim, o resultado acumulado no mês ficou em pouco mais de R$ 5,02 milhões, que é R$ 0,32 por cota.

O HSML11 encerrou o mês de setembro com 119.262 cotistas e o volume médio diário de negociações foi de cerca de R$ 1,7 milhão. O resultado do mês foi de cerca de R$ 8,2 milhões, ou R$ 0,52 por cota, vindo de receitas imobiliárias e financeiras de R$ 9,6 milhões e despesas de quase R$ 1,39 milhão.