A gestão do fundo Iridium Recebíveis Imobiliários FII (IRDM11) comunicou aos cotistas nesta terça-feira (22), os resultados referentes ao mês de maio. Com uma série de compras e vendas de diferentes ativos, a Iridium Gestão de Recursos demonstrou os ganhos resultantes dessas operações. 

A distribuição de rendimento referente a maio foi de R$ 1,15 por cota. De acordo com a Iridium Gestão de Recursos, “esse valor equivale a uma remuneração bruta de imposto de renda de 510,14% do CDI no período”. Observe na tabela abaixo:

IRDM11

Na verdade, a gestora reforçou que o resultado obtido em maio ficou no mesmo patamar de abril, mesmo com a integralização de todas as cotas referentes a 9ª emissão. Os rendimentos do mês foram consequência de uma gestão ativa, destacou a gestão,  especialmente de vendas no secundário de CRIs. 

Desta forma, a equipe gestora apontou que o IRDM11 tem se mantido atento para novas oportunidades para diversificação e melhoria do portfólio. Por isso, a gestão está monitorando tanto os FIIs quanto os CRIs no mercado secundário que apresentaram alta valorização e possuem uma relação risco/retorno proporcional. 

Por fim, até o dia da divulgação do relatório (22), “o caixa do fundo se encontra em aproximadamente R$ 206,9 milhões (ou 9,96% do patrimônio líquido)”, informou a Iridium Gestão de Recursos.

Movimentação da carteira de investimentos

Na visão da equipe gestora, “o fundo permanece com viés negativo em relação às perspectivas futuras para o mercado de FIIs de imóveis (tijolo), devido a manutenção do ciclo de alta da Selic no curto prazo”. 

Além disso, tanto os dados inflacionários no Brasil quanto a perspectiva de aumento da inflação nos Estados Unidos podem aumentar ainda mais a expectativa de incremento da taxa de juros aqui no Brasil. Mesmo assim, o IRDM11 vê oportunidades de investimentos no mercado secundário. 

Por outro lado, com relação aos FIIs de recebíveis - os chamados fundos de CRIs -  o fundo segue com um viés mais positivo. Na verdade, esses fundos conseguem se “aproveitar da alta das taxas para aquisição de ativos com retorno interessante”. 

No mês de maio, o fundo adquiriu R$ 244,5 milhões em operações de CRI e FII, e vendeu R$ 114,9 milhões, totalizando R$ 359,4 milhões de volume transacionado. 

Observe as operações de CRIs na tabela abaixo:

IRDM11

Na próxima tabela, o fundo divulgou as operações no mercado de FIIs:

IRDM11

Conheça o IRDM11

O IRDM11 é um fundo imobiliário de papel com investimentos em títulos de valores imobiliários. Seu maior foco é em operações no mercado de CRIs, desde que atendam aos critérios definidos na política de investimento.

O Iridium Recebíveis Imobiliários possui patrimônio líquido de R$2,167 bilhões e tem cerca de 22.000.000 número de cotas emitidas. 

Para quem deseja investir no IRDM11, o valor patrimonial de sua cota é de R$98,53, sendo sua taxa de administração de 0,17% a.a sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).