Iridium Recebíveis Imobiliários (IRDM11), fundo imobiliário focado no investimento em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) divulgou seus resultados de agosto/20.

Com cerca de 80,5 mil cotistas (vs. 70,8 mil em jul/20) e um patrimônio de R$ 1,13 bilhão, o IRDM11, FII do tipo papel administrado pelo BTG Pactual e gerido por Iridium Gestão de Recursos, apresentou os seguintes destaques no mês:

  • O fundo concluiu a sua 7ª emissão de cotas, captando R$ 341,9 milhões, sendo que 74,77% desse volume foram exercidos no direito de preferência.
  • Na carteira, a equipe de gestão focou na alocação desses novos recursos e manteve o viés de gestão ativa. Foram reduzidas as posições em CRIs e FIIs que apresentaram uma valorização relevante e que nesses preços não apresentam mais, grandes potenciais.
  • Adicionalmente, o IRDM fez investimentos em FIIs, tanto em IPOs como em follow-ons, e CRIs nos mercados primário, secundário e em operações taylor made (processos contratuais que beneficiam tanto o contratante como o contratado).

Sua distribuição de rendimentos em agosto foi de R$ 1,05/cota (dividendo 0,88%, cota base R$119,24), o que equivale a 788,26% do CDI.

Na figura acima, o dividend yield  é calculado através do rendimento por cota distribuído no mês sobre o valor patrimonial e o dividend yield - Gross-Up é calculado através da alíquota de imposto de renda (IR) de 15%. Perceba que no mês de agosto o fundo entregou o mair dividendo do ano.

Na composição da carteira, seu portfólio terminou o mês diversificado em CRIs (52,7%), cotas de FIIs (29,7%) e ativos de renda fixa (17,5%).

irdm11

Com a finalidade de facilitar o entendimento de seus cotistas, o IRDM11 apresentou uma tabela em seu relatório com as principais movimentações de CRI e cotas de FIIs. Os destaques ficaram para as compras no book de CRIs e para as vendas no book de FIIs.

Na visão da gestora, alguns fundos imobiliários já superaram valores que são entendidos como “justo” dado o cenário de relevantes incertezas com relação ao mundo pós COVID. Por isso, o fundo segue ativo e com viés de venda no mercado secundário da sua posição em FIIs. Os recursos oriundos dessas vendas tem sido realocados em CRIs.

No mercado secundário, suas cotas movimentaram R$ 113 milhões (média diária de R$ 5,4 milhões) e valorizaram 5,9%, chegando a R$ 115,78. Hoje, 23 de setembro/20, as cotas do Iridium começaram o pregão sendo negociadas a R$ 119,42.

irdm11

O IRDM11 é um fundo imobiliário de gestão ativa que foi constituído em novembro 2017 e atualmente é o 21º no ranking dos FIIs de maior liquidez no IFIX, com uma participação de 1,7%. Além disso, está presente em todos os 4 índices do mercado.

Texto publicado em 23 de setembro/20.

 

Se você deseja entender um pouco mais da dinâmica de funcionamento da indústria de FIIs, acesse nosso e-book gratuito. Ele vai te explicar isso e muito mais.