O Fundo de Investimento Imobiliário Malls Brasil Plural (MALL11), administrado por Genial Investimentos Corretora de Valores Mobiliários S.A., divulgou nesta quinta-feira (17) o seu relatório gerencial do mês de maio, no qual descreveu seu resultado e rendimento mensal, assim como a atualização de seu portfólio.

O objetivo do MALL11 é obter renda por meio da exploração imobiliária de participações em shopping centers no Brasil. Além disso, se busca o ganho de capital, comprando e vendendo os ativos na carteira do Malls Brasil Plural.

O gestor do fundo destaca que em abril, alguns ativos de seu portfólio tiveram seu horário de funcionamento reduzido. Isso ocorreu por conta do aumento do número de casos relacionados a pandemia no Brasil. Vale destacar que isso acaba refletindo nos principais indicadores operacionais, com o aluguel faturado, as vendas totais e o próprio NOI.

A gestão ainda ressalta que “por conta do efeito da base de comparação, alguns dos indicadores do fundo apresentaram crescimento percentual exponencial em base YoY, dado o fechamento integral dos shoppings no mês de abril de 2020”.

Portfólio do Malls Brasil Plural

O MALL11 voltou a funcionar com 100% do seu portfólio aberto, embora continue “respeitando as limitações de horário de cada município”, como explicou o gestor do fundo. Porém, o fundo voltou a ver em maio mais restrições de horário de funcionamento. No dia 28 de maio, foi detalhado a situação atual do horário de funcionamento dos shoppings, assim como anunciado em fato relevante.

No NOI percentual por shopping nesse mês vigente, se viu a seguinte distribuição:

  • Shopping Park Sul - 21%;
  • Maceió Shopping - 19%;
  • Shopping Park Lagos - 18%;
  • Suzano Shopping - 17%;
  • Boulevard Shopping Feira - 15%;
  • Shopping Taboão - 6%;
  • Shopping Tacaruna - 5%.

MALL11 anuncia resultado, rendimento e portfólio do mês de maio

Os 7 shoppings centers que compõem o portfólio do MALL11 apresentam os seguintes percentuais do patrimônio líquido:

  1. Maceió Shopping - 28,57%;
  2. Boulevard Shopping Feira - 13,87%;
  3. Shopping Park Sul - 13,75%.
  4. Shopping Park Lagos - 13,68%;
  5. Suzano Shopping - 9,89%;
  6. Shopping Taboão - 7,04%;
  7. Shopping Tacaruna -5,46%.

Além disso, as aplicações financeiras do MALL11 totalizam cerca de R$ 61,13 milhões no dia 31 de maio 2021. Assim, as aplicações financeiras contam a compra de LFTs e a alocação em Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs).

Resultados e rendimentos do MALL11

O número de cotistas do MALL11 até o final do mês de maio alcançou a marca de 85.212. Do mesmo modo que a cota patrimonial alcançou a marca dos R$ 104,80, que em meio a 7.560.351 de cotas emitidas, resultou em um patrimônio líquido de cerca de R$ 792,35 milhões.

Enquanto isso, a cota de mercado atingiu os R$ 97,05, o que traz um valor de mercado ao fundo de R$ 733,73 milhões. Além disso, o dividendo anunciado pelo Malls Brasil Plural no período foi de R$ 0,45 por cota. Entre os destaques do mês de maio, se levantou os 57.820 m² de Área Bruta Locável (ABL) do MALL11.

Assim, o número de shoppings são 7, com uma ocupação de 97%. O resultado do mês foi de R$ 0,43 por cota, que representa um montante de quase R$ 3,23 milhões. Ademais, o retorno mensal do MALL11 resultou em -2,55% e o dividend yield anualizado da cota patrimonial é 5,28% ao ano e em relação à cota a mercado foi de R$ 5,71% ao ano.