MXRF11, FAMB11B e mais: confira agenda de ofertas de FIIs desta semana

Entre os destaque do mercado, alguns fundos imobiliários estão preparando emissões de cotas para os próximos dias. Confira

MXRF11, FAMB11B e mais: confira agenda de ofertas de FIIs desta semana
MXRF11: fundo imobiliário anuncia venda de cotas do FII com ganho "expressivo". Foto: Pixabay

Alguns fundos imobiliários, como MXRF11 e FAMB11B, preparam emissões de cotas para esta semana. Para evitar com que os acionistas percam os prazos de preferência das emissões dos FIIs, é importante ficar de olho na agenda da semana.

Vale destacar que não há oferta de fundo imobiliário cujo período de preferência terá início nesta semana. Dessa forma, o período preferência nas ofertas é importante para os atuais investidores que desejam adquirir mais cotas do FII durante a emissão.

Preferência de oferta de FII que se encerra nesta semana:

O FII MXRF11 tem data de preferência definida de 30/11/2023 a 12/12/2023. Em sua nona emissão, o fundo está ofertando 75.376.885 novas cotas e quer captar R$ 750.000.005,75.

A proporção do período de preferência soma 23,26. A taxa de emissão, por sua vez, ficou em 3,42% e o coordenador-líder é XP.

Preferência de sobra de ofertas que inicia nesta semana

A data de preferência de FII FAMB11B ficou definida de 13/12/2023 a 18/12/2023.

Em sua terceira emissão de cotas, o fundo imobiliário FAMB11B oferta 4.000 novas cotas e a oferta pública quer captar R$ 3.500.000,00.

A proporção do período de preferência soma 3,63. Já a taxa de emissão ficou em 3,33% e o coordenador-líder é a definir.

Além disso, o MXRF11 tem data de preferência definida em 14/12/2023 a 19/12/2023.

Preferência de sobra de ofertas que encerra nesta semana

Já a data de preferência para FII LIFE11 ficou definida de 06/12/2023 e se encerrou na data de ontem, em 11/12/2023.

Esta é a quinta emissão de cotas do fundo, que está ofertando 30.762.328 novas cotas. A oferta pública quer captar R$ 312.237.629,20.

A proporção do período de preferência soma 110,47. Com isso, a taxa de emissão ficou em 3,94% e o coordenador-líder é Vórtx.

O FII SNEL11 está com data de preferência definida em 07/12/2023 a 13/12/2023. Em sua segunda emissão, o SNEL11 está ofertando 1.000.052 novas cotas e quer captar a oferta pública de R$ 100.005.200,00.

Com isso, a proporção do período de preferência soma 200,00 e a taxa de emissão ficou em 16,44%. O coordenador-líder é Guide.

Início do período de oferta pública de FIIs

O fundo de papel MXRF11 está com a data de preferência definida de 30/11/2023 a 12/12/2023.

Encerramento do período de ofertas pública de fundos imobiliários

Já a data de preferência de encerramento definida para FII AURB11 foi ontem. Em sua terceira emissão de cotas, o fundo imobiliário está ofertando 5.425.625 novas cotas.

Em oferta pública, o AURB11 quer captar R$ 437.413.887,50. A proporção do período de preferência soma 0,00 e a taxa de emissão ficou em 4,19%. O coordenador-líder é BR Partners.

Além disso, o FII JASC11 já encerrou o período de ofertas públicas na semana anterior. Em sua quarta emissão de cotas, o fundo teve a data de preferência definida de 22/11/2023 a 04/12/2023.

Com isso, o JASC11 está ofertando 1.500.000 novas cotas e a oferta pública quer captar R$ 150.000.000,00. A proporção do período de preferência soma 36,02. A taxa de emissão ficou em 4,78% e o coordenador-líder é Oriz.

Emissões de FIIs

A emissão de novas cotas ocorre, normalmente, quando um FII planeja aumentar seu capital, ou ainda no momento em que está sendo estruturado.

Para isso, o fundo imobiliário faz a emissão de novas cotas e as comercializam. Com o capital oriundo da oferta, o FII tem a opção de investir em novos ativos ou ainda reformar os que estão em seu portfólio.

Esta matéria não é uma recomendação de investimento em Fundos imobiliários. Antes de qualquer investimento em renda variável é importante ressaltar que quitar as dívidas e fazer uma reserva de emergência deve sempre ser a prioridade.

Tags
foto: Vanessa Loiola
Vanessa Loiola

Jornalista formada pela PUC-SP e pós-graduanda em jornalismo de dados, automação e data storytelling pelo Insper. Possui experiência na cobertura das editorias de economia, finanças, bolsa de valores, política, setor elétrico, eletromobilidade e entretenimento.

últimas notícias