Carteira recomendada de FIIs: EQI troca fundos de papel em dezembro; veja quais

A EQI divulgou estratégia de alterações em sua carteira recomendada de FIIs para o mês; veja quais fundos entram e quais saem

Carteira recomendada de FIIs: EQI troca fundos de papel em dezembro; veja quais
FIIs de papel: o que você precisa saber antes de investir. Foto: Unsplash

A EQI divulgou sua carteira recomendada de fundos imobiliários (FIIs) para dezembro com algumas atualizações. O relatório apontou uma troca nos fundos de papel, retirando CVBI11 e adicionando no lugar o FII BTCI11

“Nosso objetivo é diminuir o risco, aproveitando o bom portfólio e a forte estrutura de garantias do BTCI com bom nível de remuneração. O BTCI está com 68% do PL alocado em IPCA+7,2% ao ano e 29% alocado em CDI+3,2% ao ano”, destacou a gestora.

Com isso, o documento destacou que, caso a inflação fique acima do esperado, os FIIs de papel podem apresentar uma desvalorização mais rápida.

No mês de novembro, o IFIX apresentou uma queda de 0,26% frente a uma alta de 0,41%. Diante disso, os fundos que apresentaram os melhores desempenhos no mês foi JSRE11, com alta de 4,96%, e XPML11, que subiu 1,50%. 

“No mês anterior, o JSRE11 foi um dos detratores da carteira e reiteramos o risco mais elevado da tese, porém com valor de mercado atrativo. Assim, a valorização desse mês vem para suprir parte deste descasamento, mas sem alteração na tese de investimento”, avaliou a EQI.

Em contrapartida, os FIIs que apresentaram os piores desempenho no período foram BRCO11, com queda de 2,26%, e CPTS11, que caiu 2,33%. “O CPTS11 apresentou forte volatilidade ao longo do mês e seguimos com a tese de ganho de capital para o ativo no médio prazo. Já o BRCO divulgou nova rescisão no portfólio”, pontuou o relatório.

Além disso, os especialistas da EQI colocaram que as operações de crédito dos fundos de papel recomendados continuam saudáveis e sob acompanhamento. 

“Reiteramos que os fundos recomendados, especialmente quando adquiridos abaixo do valor patrimonial, possuem objetivo de proteção de capital e rentabilidade em linha com o risco assumido”, avaliou.

Veja a carteira recomendada de FIIs completa da EQI:

Perspectivas para os FIIs de papéis

Em um evento online da XP, o VP de Crédito Estruturado na XP Asset, Evandro Santos, se mostrou bastante otimista com os FIIs de papel.

Ele destacou que os fundos imobiliários de papel estão com um yield “super atrativo”, e as empresas associadas aos ativos de crédito estão podendo ter um certo “alívio” em suas despesas, gerando um mercado de crédito mais atrativo, inclusive para os fundos imobiliários relacionados ao setor.

“A gente acha que o Banco Central está se compondo de uma forma que tende a aceitar um juros mais baixo, então a inflação deve ‘rodar’ um pouco mais alta e os juros real um pouco alto”, observou Santos, na ocasião.

Tags
foto: Vanessa Loiola
Vanessa Loiola

Jornalista formada pela PUC-SP e pós-graduanda em jornalismo de dados, automação e data storytelling pelo Insper. Possui experiência na cobertura das editorias de economia, finanças, bolsa de valores, política, setor elétrico, eletromobilidade e entretenimento.

últimas notícias