XPML11 volta a pagar dividendos recordes e lucra R$ 27,749 milhões; Veja detalhes

Voltando a pagar dividendos recordes, o fundo imobiliário XPML11 anunciou um resultado de R$ 27,749 milhões em novembro. Confira os números.

XPML11 volta a pagar dividendos recordes e lucra R$ 27,749 milhões; Veja detalhes
XPML11 volta a pagar dividendos recordes e lucra R$ 27,749 milhões. Foto: Pixabay

O fundo imobiliário XPML11 divulgou um lucro de quase R$ 27,749 milhões em novembro, obtido a partir de um faturamento total de R$ 32,649 milhões. As despesas do mês foram de R$ 4,9 milhões, conforme aponta seu novo relatório gerencial.

Sobre esse resultado, os dividendos do XPML11 somaram quase R$ 27,74 milhões, correspondente a R$ 0,90 por cota. Esse valor iguala o maior patamar de rendimentos da história do FII, que já havia sido pago uma vez, em janeiro de 2023.

O fundo imobiliário XP Malls terminou o mês de novembro de 2023 com um resultado acumulado não distribuído de cerca de R$ 0,13 por cota, levando em conta também o saldo no FII Internacional Guarulhos.

XPML11 explica melhora nos indicadores de shoppings

Segundo a gestão, os indicadores operacionais e financeiros do FII XPML11 tiveram mais uma performance positiva em novembro de 2023, quando comparados ao mesmo período de anos anteriores.

Nesse sentido, as vendas por metro quadrado alcançaram R$ 1.816 em novembro, enquanto o NOI de caixa por metro quadrado foi de R$ 122, com crescimentos de 14,8% e 11,0%, respectivamente (sobre novembro de 2022).

Ainda em novembro de 2023, o indicador que mais se destacou na carteira do fundo imobiliário XPML11 foi o de KPI de vendas por metro quadrado, que foi impulsionado pelo período de Black Friday.

“O mês de novembro é marcado no varejo pela realização das campanhas de Black Friday por grande parte dos lojistas”, relembra a gestão.

Durante esse período, várias estratégias são usadas pelos comerciantes e administradoras de shoppings para elevar ainda mais o nível das vendas e o fluxo dos ativos, como o aumento do período de promoções, oferta de brindes e descontos oferecidos de forma progressiva.

Sobre o ano de 2023, de forma geral, a gestão destaca a aceleração de certas tendências importantes, dentre elas, interação dos ambientes físico e digital, assim como a utilização de ofertas personalizadas e elevação na quantidade de pesquisas do consumidor até que a compra do produto fosse realizada.

Essas questões, segundo a gestão do XPML11, “transformaram a experiência de compras do cliente nos shopping centers”. Com isso, as administradoras de ativos, os lojistas e os empreendedores, tiveram que se adaptar de forma gradual diante do novo cenário, adotando práticas como: maior monitoramento das preferências dos clientes, modernização de ativos e investimentos em tecnologia.

Tags
foto: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias