A gestão do fundo Kilima FIC de FII SUNO30 (KISU11) detalhou em seu Relatório Gerencial divulgado segunda-feira (13), a performance do fundo no mês de agosto. A gestora Kilima Gestão de Recursos explicou o crescimento do fundo nos últimos meses. 

Referente ao mês de agosto, o KISU11 gerou R$2.651.763 de resultados. Descontando os custos, o fundo distribuirá aos seus cotistas o valor de R$0,06 por cota, lembrando que após o desmembramento, a cota do fundo fechou o mês a R$8,68. Confira na tabela abaixo:

KISU11

Alocação de recursos e os desafios do mercado de FIIs

No mês passado, o KISU11 prosseguiu com sua alocação dos recursos da emissão de cotas e fechou com 92,0% do capital alocados em FIIs. 

O IFIX apresentou uma rentabilidade de -2,63% no último mês. A gestora explicou que este movimento foi provocado, principalmente, por uma questão de expectativa em relação a taxa de juros, com o aumento da Selic de 4,25% para 5,25% a.a. e em direção a 7,50% no fim do ano. 

Por outro lado, a melhora nos indicadores da pandemia chega no momento de maior expectativa de melhora gradativa na economia, disse a gestora. Isso pode beneficiar, principalmente, os setores de lajes corporativas e varejo/shopping centers, enquanto os fundos de CRI seguem fortes. 

É neste cenário que o KISU11, em 06 de setembro, passou a integrar o IFIX com uma participação inicial de 0,371% do índice.

Ganho de capital ou dividendos? 

A gestão explicou que em momentos de desafios e incertezas do mercado, muitos questionam a performance dos fundos de fundos. Com a diminuição do valor das cotas de seus ativos, a possibilidade de ganho de capital fica comprometida. 

Porém, a gestora ressalta que a parcela da receita por meio de ganho de capital do KISU11 é menor, pois a maior parte do resultado do fundo é proveniente, dentre outras coisas, do rendimento recebido dos FIIs. 

No gráfico abaixo, a gestão comparou o KISU11 com outros fundos de fundos em relação à proporção entre os ganhos de capital e outras receitas, confira:

KISU11

Para o mês de agosto, os efeitos do desdobramento de cotas do KISU11 (1:10) estiveram mais visíveis com o aumento do número de cotistas, confira:

KISU11

Por fim, a gestão comemorou o sucesso do novo índice Suno 30, que sempre esteve descolado do IFIX, superando-o nos momentos mais difíceis do mercado. 

Conheça o KISU11

O KISU11 é um FII (fundo de fundos) que tem por objetivo seguir a carteira teórica do índice de referência SUNO 30 FII. Fundado em outubro de 2020, sua primeira negociação na bolsa foi em janeiro (15) deste ano.

Na verdade, o Kilima FIC de FII possui patrimônio líquido de R$429 milhões e tem aproximadamente 39.201 cotistas. 

Para quem deseja investir no KISU11, o valor patrimonial de sua cota é de R$9,72, sendo sua taxa de administração de 0,65% ao ano.