SNFF11 registra retorno acumulado de 15,72%; saiba mais

No relatório gerencial de novembro de 2023, o fundo imobiliário SNFF11 apresentou retorno acumulado de 15,72% no mês, frente a 11,02% do IFIX

SNFF11 registra retorno acumulado de 15,72%; saiba mais
SNFF11 paga rendimentos aos cotistas hoje (24); saiba o valor por cota. Foto: Unsplash

O fundo imobiliário SNFF11 divulgou nesta sexta-feira (5) seus resultados em relatório gerencial de novembro. De acordo com os dados do documento, o retorno acumulado do fundo performou 15,72% no mês, frente a 11,02% de elevação do IFIX, o índice dos fundos imobiliários, no mesmo período.

Ainda no período, o FII SNF11 apresentou uma valorização pontual no IFIX, resultando na variação positiva do índice de 0,66%. O SNFF11 teve um retorno total de 0,32% no período, resultando em um Alpha sobre o IFIX no mês de -0,34%, acumulado de -0,64% em 2023, e de 4,70% desde o início do fundo. Desde o início do ano, a rentabilidade do SNFF11 é equivalente a 143% do IFIX.

Além disso, em contrapartida, no mês de novembro, o fundo imobiliário apresentou uma variação de baixa em suas cotas de 0,55% no mercado secundário, registrando um volume de negociação diário médio de R$ 337 mil. Com isso, o preço de fechamento do mês foi de R$ 86,21, frente a um valor patrimonial por cota de R$ 90,14.

Dividendos de SNFF11

O FII Suno Fundo de Fundos de Investimentos Imobiliários distribuiu em dezembro o valor de R$ 1,30 por cota. “O resultado foi impactado mais um mês pelas receitas provenientes de ganho de capital auferido. O fundo conta ainda, ao final do mês, com reserva acumulada para distribuição futura de aproximadamente R$ 0,48”, destacou a gestão.

Além disso, o fundo explicou ainda que o resultado se deu também em razão das distribuições do SNEL11, contribuindo com R$ 0,03 apurados por cota, e um Dividend Yield no mês de 1,5% frente ao valor de aquisição na primeira oferta.

“Ainda foi apurada no mês a receita operacional de aproximadamente R$ 148,7 mil, ou R$ 0,05 por cota, originado pela reversão parcial da taxa de distribuição na aquisição de recibos da oferta do TRXF11, fruto de acordos negociados pela equipe de gestão, e evidenciando mais uma vez o comprometimento pela busca do maior retorno para o cotista do SNFF11”, apontou o documento.

Considerando as receitas e despesas projetadas para os próximos meses, assim como o patamar atual de reservas acumuladas do SNFF11, a gestão apresentou o guidance de distribuição entre R$ 0,68 e R$ 0,72 para o 1º semestre de 2024.

Tags
foto do autor: Vanessa Loiola
Vanessa Loiola

Jornalista formada pela PUC-SP e pós-graduanda em jornalismo de dados, automação e data storytelling pelo Insper. Possui experiência na cobertura das editorias de economia, finanças, bolsa de valores, política, setor elétrico, eletromobilidade e entretenimento.

últimas notícias