BCFF11 cai 3,81%, outro fundo imobiliário tomba 19% e IFIX recua após 13 altas seguidas

O fundo imobiliário BCFF11 terminou o dia em queda de 3,81%, enquanto um outro FII tombou 19%, liderando as perdas do pregão. Confira qual.

BCFF11 cai 3,81%, outro fundo imobiliário tomba 19% e IFIX recua após 13 altas seguidas
RZAK11: com DY de 16,26%, fundo anuncia menor dividendo em 9 meses. Foto: Pixabay

O fundo imobiliário BCFF11 foi um dos destaques de baixa da sessão de hoje (4), em dia em que o IFIX interrompeu uma longa sequência de 13 altas consecutivas.

O FII BCFF11 encerrou este pregão em queda de 3,81%, cotado a R$ 9,10. No mês de janeiro, o desempenho acumulado até agora é de -2,88%.

O FII que liderou as quedas do IFIX hoje (4) foi o HTMX11, com uma forte desvalorização de 19,02%. Já o principal destaque de alta foi o BTRA11, com ganhos de 3,50%.

O IFIX, índice de fundos imobiliários, encerrou o pregão de hoje (4) em leve queda de 0,12%, fechando aos 3.320,38 pontos. A máxima do dia atingiu 3.226,10 pontos, enquanto a mínima ficou em 3.318,83 pontos.

Fundos imobiliários que se destacaram hoje (4)

O destaque positivo do dia foi para o fundo BTRA11, que apresentou uma expressiva alta de 3,50%. Essa performance positiva coloca o BTRA11 como líder nas maiores altas do IFIX.

Maiores altas do IFIX

No lado oposto, o fundo HTMX11 liderou as maiores quedas, recuando expressivos 19,02%. Essa performance negativa coloca o HTMX11 como o fundo que mais sofreu desvalorização no dia. Outros fundos como BROF11, BCFF11, TORD11 e XPML11 também registraram quedas significativas, evidenciando a volatilidade do mercado.

O BROF11, por sua vez, acumulou 5,50% de queda após a divulgação de um novo investimento, em que adquiriu a totalmente das cotas do fundo imobiliário BETW11, por R$ 216 milhões, com a projeção de rentabilidade de IPCA + 9% ao longo de dez anos.

A gestora explica que, apesar das cotas seniores adquiridas representarem 86% do patrimônio líquido do BETW11, o fundo receberá 100% dos rendimentos mensais do BETW11. 

Maiores baixas do IFIX

O mercado de fundos imobiliários continua a ser dinâmico, com ativos apresentando movimentações distintas. Os investidores devem avaliar cuidadosamente as oscilações e considerar aspectos como o histórico de desempenho e perspectivas futuras ao tomar decisões.

É importante estar atento às principais atualizações do mercado de fundos imobiliários para garantir uma abordagem estratégica em seus investimentos. O BCFF11, por exemplo, teve a terceira maior queda do dia, e conta com um valor de mercado total de R$ 1,83 bilhão.

foto do autor: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias