O‌ ‌‌IFIX‌‌ fechou ‌a‌ ‌última‌ sexta-feira‌ ‌(10)‌ ‌em alta de 0,18%,‌ terminando ‌o‌ ‌dia‌ ‌em 2.727,91 pontos.‌ ‌No‌ ‌acumulado‌ ‌do‌ ‌mês‌ ‌de‌ agosto ‌e‌ ‌do‌ ‌ano‌ ‌de‌ ‌2021,‌ ‌a‌ ‌variação‌ ‌do‌ ‌índice‌ ‌é‌ ‌de‌ -0,79%‌ ‌e‌ -4,95%,‌ ‌respectivamente.‌

Confira na tabela abaixo:

fechamento FIIs

Confira as principais notícias do mercado de FIIs:

HGLG11 informa resultados e detalha sobre compra e venda de ativos

A Credit Suisse, gestora do CSHG Logística FII (HGLG11), comunicou nesta segunda-feira (10) aos seus investidores, os resultados referentes ao mês de agosto. Também, a gestão aproveitou para explicar sobre a renovação de portfólio com venda e compra de ativos. 

Neste mês, o fundo apresentou uma receita total de R$ 52,8 milhões, o equivalente a R$ 2,86 por cota, o que levou a um resultado de R$ 52,6 milhões - R$ 2,85 por cota.  Confira:

HGLG11

Os impactos positivos nos resultados do fundo têm como destaque os fatores abaixo: 

  • Recebimento de parte da multa de rescisão do HGLG Betim de aproximadamente R$ 39,3 milhões (R$ 2,13 por cota) pagas neste mês; 
  • Pelos últimos diferimentos de locação a serem recebidos pelo fundo de aproximadamente R$0,08 por cota; 
  • Reembolso do fundo de reserva do condomínio do HGLG Itupeva I que impactou a despesa imobiliária positivamente em aproximadamente R$ 2,1 milhões ou R$ 0,12 por cota. 

Em relação à sua última emissão de cotas, no dia 27 de agosto de 2021 o fundo encerrou a sua oferta pública. A 7ª Emissão compreendeu a subscrição de 2.876.446 cotas nominativas e escriturais, cada uma com valor de emissão de R$ 154,90, perfazendo a Oferta o valor total de R$ 445.561.485,40.

Venda de ativo

A gestão também destacou sobre a venda do ativo logístico Lojas Americanas. O valor a ser recebido pelo HGLG11 em decorrência da venda do Imóvel corresponde a R$ 253.000.000,00, equivalente a aproximadamente R$ 2.836,74/m².

O lucro será auferido pelo fundo no momento da superação da condição precedente. Tomando como base o valor de venda, a operação gerará um lucro em regime caixa aproximado de R$ 90,4 milhões), o equivalente a aproximadamente R$ 4,24 (quatro reais e vinte e quatro centavos) por cota. 

Compra de imóvel e novas condições para pagamento

O HGLG11 também fechou acordo para revistar novas condições financeiras para a aquisição do imóvel logístico multiusuário na cidade de São Carlos, no estado de São Paulo. 

A gestão reforçou que as alterações do CVC têm como objetivo incluir uma operação de securitização, desde que sejam cumpridas as condições precedentes. 

Com isso, o objetivo do fundo é concluir a aquisição do imóvel com a referida operação, sendo possível concluí-la caso não seja possível realizar a securitização. 

O preço de aquisição do imóvel passou a ser R$ 180.000.000,00, cujo pagamento está dividido em 3 etapas: 

  • Parcela à vista: o valor de R$ 60.000.000,00 pagos nesta data; 
  • Parcela de Securitização: o saldo líquido da Operação de Securitização no valor aproximado de R$ 112.000.000,00 a ser pago em até no máximo 35 dias contados a partir desta data; 
  • Parcela Remanescente: o valor aproximado de R$ 8.000.000,00, resultado da subtração entre o Preço e as parcelas 1 e 2 a ser desembolsado juntamente com a parcela 2. 

Caso não tenham sido verificadas as condições precedentes da Operação de Securitização, o pagamento do Preço será de: 

  • Parcela à vista: o valor de R$ 60.000.000,00 pagos nesta data; 
  • Parcela da Escritura: o valor de R$ 120.000.000,00 a ser pago no momento da assinatura da escritura do imóvel. 

O imóvel possui 12 (doze) metros de pé direito, uma capacidade de piso de 6 toneladas por metro quadrado e certificação de sustentabilidade LEED atestado pelo U.S. Green Building Council. 

Nesta data, o Imóvel está 100% locado para as companhias: 

  • Electrolux do Brasil S.A. em um contrato de locação atípico com vencimento em julho de 2027 e em um contrato típico assinado em junho de 2021 com vencimento em junho de 2027, representando 91% da receita atual; 
  • Muvx Indústria Plásticas Ltda. 
  • Mercado Livre

O valor das somas dos aluguéis acima mencionados é de R$ 1.392.781,94, o equivalente a aproximadamente R$ 0,07 por cota, e existe uma expectativa de que estes aluguéis serão elevados para R$ 1.443.438,36 a partir de novembro, equivalente a aproximadamente R$ 0,07 por cota. 

O CSHG Logística FII tem por objeto a exploração de empreendimentos imobiliários voltados primordialmente para operações logísticas e industriais, por meio de aquisição de terrenos para sua construção ou aquisição de imóveis em construção ou prontos, para posterior alienação, locação ou arrendamento. 

HGRU11 divulga resultados e informa situação do fundo

A Credit Suisse, gestora do CSHG Renda Urbana FII (HGRU11), comunicou nesta sexta-feira (10) aos seus investidores, os resultados referentes ao mês de agosto. Também, a gestão aproveitou para destacar o sucesso do varejo e a boa situação do fundo.  

Referente ao mês de agosto, o fundo apresentou uma receita total de R$ 15,2 milhões, o que levou a um resultado de R$ 13, milhões (R$ 0,71 por cota). Porém o fundo decidiu manter os dividendos em R$ 0,72, assim como no mês anterior, o que demonstra a linearidade sustentável do semestre.

Confira na tabela abaixo os resultados do fundo:

HGRU11

A Credit Suisse ressaltou que o único impacto relevante neste mês foi a venda das LCI da carteira do HGRU11 para aportar capital na 3ª Emissão de cotas do SPVJ11. 

Desta forma, o resultado da venda gerou um lucro de aproximadamente R$ 0,03 centavos por cota. 

Como complemento, a gestão disse que todos os aluguéis estão sendo pagos em dia e não há no momento nenhuma negociação contratual em aberto, seja por motivos de correção monetária dos contratos ou por questões ligadas à pandemia. Veja no gráfico abaixo:

HGRU11

Melhora do varejo

De acordo com a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS), as 500 empresas que compõem o registro tiveram uma receita 21% maior no ano de 2020 frente a 2019. 

Além disso, a gestora disse que o lucro líquido foi o maior das últimas duas décadas, superando o resultado de 2019 que já havia sido o maior da série histórica. Isso demonstra a recuperação do setor mesmo dentro de uma crise sanitária pela qual estamos passando. 

Durante o mês não houve alteração na ocupação do HGRU11, que permanece sem vacância. A gestão destacou que, como não há espaços a serem alugados, “o time comercial se dedica à manutenção do relacionamento com os locatários e na discussão de eventuais pleitos cotidianos na administração dos Imóveis da carteira”. 

O CSHG Renda Urbana FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo com objetivo de explorar empreendimentos imobiliários urbanos de uso institucional e comercial.

RBVA11 demonstra resultados e analisa retomada do varejo

A gestão do Rio Bravo Renda Varejo (RBVA11) anunciou aos cotistas nesta última sexta-feira (10), os resultados do fundo no mês de agosto. Também, a Rio Bravo Investimentos comentou sobre sua estratégia de reciclagem de portfólio e dados sobre o varejo. 

Referente ao mês de agosto, o fundo distribuiu R$ 0,85 por cota, tendo como resultado o valor de R$ 0,77 por cota. Neste caso, a distribuição do mês contou com recursos provenientes da venda de ativos. Confira abaixo:

RBVA11

A Rio Bravo destacou que o patamar de distribuição do fundo ainda é conservador. Seu potencial é maior e pois o RBVA11 aguarda o “pagamento das vendas que já tiveram CCV assinado e estão caminhando para serem escrituradas com os novos proprietários”.

Estratégia da gestão

O fundo segue com a estratégia de reciclagem de portfólio, na busca por utilizar o capital com a venda de imóveis ocupados por agências bancárias para a aquisição de imóveis que servem a operações de varejo. 

“As vendas servem ainda para desconcentração do investimento em agências – que já representam menos de 60% do capital investido – e para redução do risco de vacância previsto para os próximos anos”, ressaltou a gestora.

Neste ponto, o fundo ainda tem como objetivo a conclusão de pelo menos mais 3 vendas no segundo semestre. Veja abaixo os ativos que foram vendidos:

RBVA11

Recuperação do varejo e seus riscos

Na avaliação da gestão, o varejo voltou teve boa recuperação sentida no mês de agosto, especialmente na cidade de São Paulo, onde avançou 17% no m/m. 

A conclusão da aplicação da primeira dose da vacina na população adulta tem se mostrado de suma importância para a retomada do comércio. 

Na ponta negativa, a gestão teme que a escalada inflacionária e a alta de juros afetem o desempenho do comércio. 

No fechamento do primeiro semestre e observando o resultado da PMC (defasada sempre em 2 meses), as vendas no varejo cresceram 25,5% no primeiro semestre de 2021, sobre uma base comprimida em 2020 mas que vem em trajetória de crescimento cadente em 2021.

O Rio Bravo Renda Varejo é um fundo imobiliário de tijolo focado no mercado de varejo e também no setor bancário. Seus investimentos se concentram na compra, venda e exploração de imóveis dos setores citados, além da aquisição de cotas de outros FIIs.