RZAK11: fundo imobiliário com yield de 16% anuncia menor dividendo em 30 meses; veja o valor

O fundo imobiliário RZAK11, com dividend yield de 16%, anunciou seu menor dividendo dos últimos 30 meses. Veja o valor dos rendimentos.

RZAK11: fundo imobiliário com yield de 16% anuncia menor dividendo em 30 meses; veja o valor
RZAK11: fundo imobiliário com yield de 16% anuncia menor dividendo em 30 meses. Foto: Pixabay

O fundo imobiliário RZAK11 anunciou uma nova distribuição de dividendos para o mês de maio, no valor de R$ 1,05 por cota.

Conforme comunicado nesta quarta-feira (15), o pagamento de dividendos do RZAK11 vai ser realizado em 22 de maio de 2024. A data de corte para o recebimento desses proventos também foi ontem.

Na comparação com o mês de abril, quando o pagamento foi de R$ 1,11 por cota, a nova distribuição mostra uma queda de 5,4% no valor. Após a segunda diminuição seguida nos rendimentos, o FII registra o valor mais baixo desde novembro de 2021, ou seja, em 30 meses.

Nos últimos 12 meses, os rendimentos do RZAK11 totalizam R$ 14,06 por cota que, considerando o preço da cota de ontem (15), de R$ 87,27, correspondem a um retorno anual de 16,1%.

Com mais de 52,6 mil investidores, o RZAK11 é um fundo imobiliário que distribui dividendos isentos de Imposto de Renda para cotistas pessoas físicas. A nova quantia tem como base os resultados auferidos em abril, embora eles ainda não tenham sido divulgados.

Resultados do RZAK11

O último resultado do fundo imobiliário RZAK11 foi o de março, quando o lucro mensal somou R$ 9,267 milhões. As receitas do mês totalizaram quase R$ 10,14 milhões, enquanto as despesas foram de R$ 872,9 mil.

A partir do resultado de março, o FII pagou em abril R$ 1,11 por cota em dividendos, que ficou dentro da faixa do seu guidance, que é de R$ 1,10 a 1,20 por cota.

Como o resultado foi de R$ 1,05 por cota em março, o FII RZAK11 reteve nesse período a quantia de R$ 0,10 por cota relativa ao resultado somado neste ano. Na época, o fundo destacou que essa quantia estará disponível para distribuição nos próximos meses.

No encerramento de março, o FII contava com uma alocação bruta equivalente a 108,7% de seu patrimônio líquido, diante de sua alavancagem via compromissada reversa.

No mês de março, o RZAK11 não chegou a comprar novos ativos para a carteira. Assim, ele manteve somente as integralizações complementares que eram previstas nos ativos que compõem a carteira.

Quer construir uma carteira de Fiis alinhada com os seus objetivos? Clique aqui e fale agora mesmo com um especialista.
foto: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias