FII HSML11 anuncia maior receita imobiliária desde IPO e guidance de 2024

No relatório do HSML11 também foi divulgado o resultado da emissão de cotas. Houve captação do montante inicial, acrescido do lote adicional.

FII HSML11 anuncia maior receita imobiliária desde IPO e guidance de 2024
HSML11 anuncia resultados. Foto:Divulgação.

O fundo imobiliário HSML11 divulgou seu relatório gerencial de janeiro. De acordo com o documento, o fundo teve um resultado operacional de R$15,1 milhões, equivalente a R$ 0,96 por cota. Além disso, a gestora destaca que o FII apresentou no mês a maior receita imobiliária (não descontado as despesas) desde o IPO, em agosto de 2019, cerca de R$ 22,7 milhões. 

Assim, o FII acumulou no mês R$ 0,20 por cota, visto que a distribuição anunciada foi de R$ 0,76/cota, paga aos investidores em 7 de fevereiro. O guidance de distribuição para os próximos 6 meses é de valores entre R$ 0,74/cota e R$0,76/cota.

O guidance desconsidera o potencial ganho de capital com a venda parcial do Shopping Pátio Maceió. 

No relatório do HSML11 também foi divulgado o resultado da 3ª emissão de cotas. Houve captação do montante inicial, acrescido de 100% do lote adicional, totalizando R$ 437.500 milhões. 

De acordo com a gestora, o NOI (Renda Operacional Líquida) e Vendas cresceram 13% e 8%, em relação a dezembro de 2022. No total, cerca de 5 shoppings do portfólio apresentaram em dezembro crescimento de NOI acima de 2 dígitos frente ao mesmo mês de 2022, sendo Uberaba (+62%), Osasco (+43%), Paralela (+35%), Via Verde (+18%) e Granja Vianna (+16%).

Houve no mês de dezembro recuperação de inadimplência (-3,8%). Em relação aos descontos, apresentou percentual de 1,1% do total faturado. A taxa de ocupação registrada foi a maior do ano, fechando o mês de dezembro em 96,9%.

HSML11 anuncia captação de R$ 437,5 mi em sua 3ª emissão

O HSML11 anunciou o encerramento da oferta pública de distribuição primária de 4,637 milhões de cotas, referente a sua 3ª emissão, captando o valor total projetado inicialmente pela gestão, de R$ 437,5 milhões.

O preço de cada nova cota do FII HSML11 foi de R$ 94,34. Do total de 4,637 milhões de cotas ofertadas, quase 3,71 milhões fazem referência ao montante original da oferta e 927,496 mil se referem às novas cotas do lote adicional.

No total, a oferta do fundo HSML11 contou com um total de 29.903 investidores, dos quais 29.726 são pessoas físicas.

Saiba mais do FII

O fundo imobiliário HSML11 iniciou suas atividades em julho de 2019. Ele tem como objetivo gerar renda e ganho de capital investindo em imóveis ou direitos reais sobre imóveis prontos do setor de shopping centers.

Esses investimentos podem ser realizados por meio de aquisições de ativos para posterior locação, arrendamento, exploração do direito de superfície ou até mesmo venda, incluindo os bens e direitos relacionados a esses ativos.

Até o momento, a carteira do HSML11 conta com 7 shopping centers, que estão espalhados em 5 estados diferentes. Com isso, a Área Bruta Locável (ABL) própria é 193,9 mil m².

Leia mais: FII e Fiagro ganham com novas regras do mercado?

Tags
foto: Vinícius Alves
Vinícius Alves
Jornalista

Jornalista formado na Faculdade Cásper Líbero. Com passagens pela Agência Estado e Editora Globo.

últimas notícias