O Fundo de Investimento Imobiliário Kinea Rendimentos Imobiliários (KNCR11), administrado pela Intrag DTVM Ltda, divulgou nesta terça-feira (3) o seu relatório gerencial do mês de julho, no qual descreveu seu resultado e rendimento mensal, assim como a atualização de seu portfólio.

O objetivo do KNCR11 se dá na dedicação de seu portfólio no investimento em ativos de renda fixa de natureza Imobiliária. Esses ativos têm como foco especial os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI). O início do fundo aconteceu no dia 15 de outubro de 2012. A taxa de administração do fundo é de 1,08% ao ano.

Além disso, o KNCR11 também tem o intuito de investir em uma carteira de CRIs de baixo risco com remuneração pós-fixada. Esses CRIs estão atrelados à taxa DI, somado ao prêmio de risco. O fundo, conforme se apontou no relatório gerencial, não apresenta uma taxa de performance.

O aumento esperado para a Selic terá o efeito oposto, assim como apontado pelo fundo, o que corrobora com um incremento na rentabilidade do veículo. Assim, a alta da Selic foi confirmado nas últimas reuniões do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. O Kinea Rendimentos Imobiliários explicou que a Selic foi elevada de forma sucessiva, o que resulta em uma taxa de 4,25% ao ano.

Portfólio do Kinea Rendimentos Imobiliários

O gestor do KNCR11, Kinea Investimentos Ltda., destacou que ao final de julho, o fundo tinha alocação em CRI que correspondem a 89,8% do seu patrimônio. A parte restante de 10,2%, está em instrumentos de caixa, para que se realize novas operações ao fundo.

Na alocação por setor, as 5 maiores posições do KNCR11 são:

  • Escritórios - 42,4%;
  • Shoppings - 27,4%;
  • Residencial - 12,5%;
  • Caixa - 10,2%;
  • Logístico - 7,5%.

A alocação por instrumento e por indexador se dá da seguinte forma:

  • CDI - 88,6%;
  • SELIC - 10,2%;
  • IPCA - 1,2%.

KNCR11 anuncia relatório com resultado e rendimento de julho

O ativo com maior participação na carteira do KNCR11 é o CRI JHSF Malls, com 8,3%. Enquanto isso, o CRI MRV Engenharia corresponde a 7,3%.

Resultados e rendimentos do KNCR11

O KNCR11 vai assim distribuir dividendos referentes ao mês de julho no dia 12 de agosto de 2021. O valor é de R$ 0,45 por cota e teve uma rentabilidade de 127% da taxa DI, isenta de imposto de renda para as pessoas físicas, levando em conta a 1ª emissão.

No mês de julho, a transação teve um volume total de R$ 97,95 milhões, que corresponde a uma média de cerca de R$ 4,66 milhões por dia. No mesmo período, a cota a mercado foi de R$ 93,16, enquanto o número de cotistas alcançou a marca dos 71.218 investidores.

Assim, o patrimônio líquido do fundo ao final do mês foi de R$ 3,88 bilhões. Esse número equivale a uma cota patrimonial de R$ 99,21. O resultado líquido do KNCR11 no mês foi então de R$ 16,3 milhões e distribuição de R$ 17,6 milhões. O resultado por cota foi de R$ 0,41.