MXRF11, VGHF11 e GALG11: veja as principais emissões de cotas de FIIs do momento

MXRF11, VGHF11 e GALG11 são alguns dos FIIs com as principais emissões de cotas que estão sendo realizadas no momento. Veja a lista.

MXRF11, VGHF11 e GALG11: veja as principais emissões de cotas de FIIs do momento
MXRF11, VGHF11 e GALG11: veja as principais emissões de cotas de FIIs do momento. Foto: Pixabay

Diversos fundos imobiliários anunciaram novas emissões de cotas ou trouxeram atualizações sobre as ofertas que já estão ocorrendo. Alguns dos FIIs com as principais emissões do momento são: MXRF11, VGHF11, GALG11, AURB11, PVBI11 e VISC11.

Veja o resumo com algumas das principais características de cada uma dessas emissões, incluindo os valores que esses FIIs pretendem arrecadar.

9ª emissão do MXRF11

O fundo imobiliário MXRF11 tem o objetivo inicial de captar R$ 600 milhões. A oferta, que se destina aos investidores em geral, prevê a emissão de 60.301.508 de cotas, mas existe a possibilidade que esse número seja aumentado em até 25% – adicional de até 15.075.377 de cotas ou R$ 150 milhões – com potencial valor máximo de R$ 750 milhões.

Cada nova cota do FII MXRF11 terá o preço de R$ 9,95 que, adicionado a taxa de distribuição primária de 3,42% (R$ 0,34 por cota), resulta em um preço de subscrição de R$ 10,29.

O exercício do direito de preferência será para os investidores que terminarem a sessão de hoje (28) comprados nas cotas do MXRF11. O período de exercício do direito de preferência vai do dia 30 de novembro de 2023 até 12 de dezembro na B3 e até 13 de dezembro no escriturador.

6ª emissão do VGHF11

O fundo imobiliário VGHF11 busca levantar inicialmente R$ 1,2 bilhão, mas a oferta pode chegar a até R$ 1,5 bilhão em caso de lote adicional de até 25%.

Inicialmente, a pretensão do VGHF11 é emitir 130,576 milhões de cotas, cujo preço de cada uma delas é de R$ 9,19, que somado a taxa de distribuição primária de R$ 0,10 por cota, resulta em um preço de subscrição de R$ 9,29.

O período de exercício do direito de preferência começa hoje (28) e acaba em 8 de dezembro na B3 ou no dia 11 no escriturador.

5ª emissão do GALG11

O fundo imobiliário GALG11 busca captar R$ 625 milhões e o preço de cada nova cota vai ser de R$ 9,17, considerando a taxa de distribuição de R$ 0,03.

O fundo pretende expandir sua área de atuação, investindo no setor de renda urbana. A subscrição de novas cotas termina esta próxima quarta-feira (29).

3ª emissão do AURB11

O fundo imobiliário AURB11 pretende captar até R$ 349,9 milhões (desconsiderando a taxa de distribuição primária). O investimento inicial é de pelo menos 1 cota pelo investidor, cujo preço unitário é de R$ 84,00.

Os dois períodos de coleta de intenções de investimento das novas cotas do FII AURB11 vão do dia 14 de novembro a 5 de dezembro e do dia 12 de dezembro até 14 de dezembro.

O fundo investe principalmente em condomínios de logística, sobretudo na grande São Paulo, em um raio de até 30 km do centro da capital, focando principalmente na logística urbana Last Mile.

2ª emissão do SNME11

O fundo imobiliário Suno Multiestratégia (SNME11) busca arrecadar R$ 146,25 milhões, equivalente à emissão de 15 milhões de cotas. Com a possibilidade de emissão adicional de 3,75 milhões de cotas, o valor máximo da oferta é de R$ 187,5 milhões.

O preço unitário de emissão do SNME11 é de R$ 9,75. A taxa de distribuição primária é de R$ 0,25 por cota, resultando em um preço de subscrição de R$ 10,00. O período de reserva começou no dia 23 de novembro e terminará em 15 de dezembro de 2023.

5ª emissão do PVBI11

O fundo imobiliário PVBI11 pretende levantar até R$ 600 milhões, equivalente à emissão de 5.942.954 de cotas. A oferta se destina apenas aos investidores profissionais. O preço da cota é de R$ 100,96, referente ao valor patrimonial do FII no dia 29 de setembro de 2023.

Sobre esse preço, será somada a taxa de distribuição primária de R$ 0,01 por cota, perfazendo um preço de subscrição de R$ 100,97. O período de exercício do direito de preferência do PVBI11 começou em 22 de novembro e acabará em 4 de dezembro na B3 e em 5 de dezembro no escriturador.

10ª emissão do VISC11

O fundo imobiliário VISC11 busca captar inicialmente até R$ 700 milhões, referente a emissão de aproximadamente 6,068 milhões de cotas.

O preço de cada nova cota do VISC11 vai ser de R$ 115,36 que, considerando o valor de R$ 2,11 por cota da taxa de distribuição primária, resulta em um preço de subscrição de R$ 117,47. Se houver excesso de demanda, pode haver lote adicional de até 25%, com um acréscimo de 1.516.990 de novas cotas, correspondente a R$ 175 milhões.

O período de exercício do direito de preferência começou no dia 17 de novembro de 2023 e acaba em 29 de novembro na B3 e em 30 de novembro no escriturador.

Assim, do MXRF11 ao VISC11, essas são algumas das principais emissões de cotas em andamento nesse momento.

foto: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias