Fundo imobiliário anuncia menor dividendo em quase 2,5 anos; veja o valor

Um fundo imobiliário anunciou seu menor dividendo dos últimos 2,5 anos. Veja qual FII e o valor dos seus rendimentos.

Fundo imobiliário anuncia menor dividendo em quase 2,5 anos; veja o valor
Novo fundo imobiliário arrecada R$ 221,37 milhões em 1ª oferta. Foto: Pixabay

O fundo imobiliário RZAK11 vai pagar R$ 1,00 por cota em dividendos neste mês de junho, conforme comunicado nesta sexta-feira (14). Assim, o valor atingiu o menor patamar dos últimos 31 meses, ou seja, no intervalo de aproximadamente 2,5 anos.

Para os detentores de cotas do fundo imobiliário RZAK11 até hoje (14), a distribuição será realizada em 21 de junho de 2024. Assim, as cotas compradas a partir de segunda-feira (17) não serão contabilizadas no pagamento de proventos.

O FII RZAK11 conta com um dividend yield (DY) de 18,12%, considerando a cotação atual de R$ 83,11 e a distribuição acumulada de R$ 15,06 por cota.

Um dos pontos positivos para o investidor é que os rendimentos do RZAK11, conforme legislação aplicável, são isentos de Imposto de Renda, no caso dos cotistas pessoas físicas.

Os proventos do fundo imobiliário aumentaram 6,12% em 2024, levando em conta que o pagamento acumulado de janeiro a junho deste ano é de R$ 6,59 por cota e o do mesmo período do ano passado, janeiro a junho de 2023, é de R$ 6,21 por cota.

Confira quais foram os últimos rendimentos pagos pelo FII RZAK11:

DATA DE CORTEDATA DE PAGAMENTOVALOR POR COTA
14/06/202421/06/2024R$ 1,00
15/05/202422/05/2024R$ 1,05
12/04/202419/04/2024R$ 1,11
14/03/202421/03/2024R$ 1,16
16/02/202423/02/2024R$ 1,15
15/01/202422/01/2024R$ 1,12
14/12/202321/12/2023R$ 1,20
16/11/202323/11/2023R$ 1,20
16/10/202323/10/2023R$ 1,30
15/09/202322/09/2023R$ 1,16
14/08/202321/08/2023R$ 1,16
14/07/202321/07/2023R$ 1,20

Os dividendos atuais representam um dividend yield mensal de 1,1878%, ou 15,2226% anualizado, tendo como base a cotação de R$ 84,19.

Como funciona o fundo imobiliário RZAK11?

O RZAK11 é um fundo imobiliário que escolhe seus investimentos dentro dos nichos de crédito privado e securitização, buscando construir uma carteira de ativos que esteja de acordo com sua visão de risco, retorno e liquidez.

A exploração de diferentes núcleos, segundo relatório do FII, permite uma “gestão ativa e especializada, que explora diversos aspectos dos ativos, como pulverização, garantias e indexadores”.

No fechamento de abril, o fundo imobiliário tinha uma alocação bruta equivalente a 110,2% do patrimônio líquido total, em razão de sua alavancagem via compromissada reversa. No mês de março, não foram realizadas aquisições de ativos novos para a carteira.

Quer construir uma carteira de Fiis alinhada com os seus objetivos? Clique aqui e fale agora mesmo com um especialista.
foto: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias