MXRF11 negocia acima da média e IFIX sobe pelo segundo dia consecutivo

MXRF11 fechou em alta de 0,97%, depois de negociar mais de 1,7 milhão de cotas durante todo o pregão de FIIs desta quinta..

MXRF11 negocia acima da média e IFIX sobe pelo segundo dia consecutivo
MXRF11 foi mais uma vez o FII mais negociado do dia - Foto: Freepik

O fundo MXRF11 negociou bem acima de sua média próxima a 1 milhão de cotas diárias no pregão de fundos imobiliários (FIIs) desta quinta-feira (16), que terminou com a segunda alta consecutiva do IFIX, após dois dias de queda no início da semana.

O índice de FIIs fechou em 3.379,54 pontos, alta de 0,21% em relação à véspera, consolidando a reação do mercado após a repercussão negativa causada pela ata do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central), que explicou a redução da Selic em 0,25 ponto, para 10,5%, na semana passada, e foi vista pelo mercado como um sinal de velocidade mais lenta no corte da taxa básica de juros da economia brasileira.

.Apesar da persistente alta na curva de juros futuros, que vem desafiando o mercado de FIIs há cerca de um mês, já que aumenta a atratividade da renda fixa em detrimento das opções de renda variável, o índice mostrou reação a partir de quarta-feira.

Ao longo do pregão desta quinta, o IFIX bateu na máxima de 3.381,41 pontos por volta das 11h. Depois, o índice recuou, mas em nenhum momento caiu abaixo dos 3.375 pontos, mostrando uma valorização sustentável ao longo do dia.

O índice de FIIs ainda acumula resultado negativo na semana, de 0,54%, e no mês de maio, de 0,07%. No ano, a variação permanece positiva, agora em 1,97%.

MXRF11 negocia 70% a mais

O FII MXRF11 voltou a liderar o volume de negociações entre os FIIs, com um volume 70% superior à sua média: cerca de 1,7 milhão de cotas mudaram de mãos ao longo do dia. O CPTS11 também superou com folga a barreira do milhão, com 1,44 milhão de papeis negociados, enquanto o KNSC11 teve 973 mil cotas mudando de propriedade.

Entre as principais movimentações entre os fundos imobiliários nesta quinta, o CACR11, que anunciou nova emissão de cotas, liderou as quedas: caiu 2,43%, negociado a R$ 103,20. O GTWR11 recuou 1,22%, a R$ 82,84, e o HFOF11 teve desvalorização de 1,12%, cotado a R$ 55,85.

Na outra ponta, o SARE11 teve valorização de 2,34%, cotado a R$ 48,05 no fechamento. O RBFF11 teve alta de 2,19%, a R$ 64,00, enquanto o CPFF11 avançou 1,38%, negociado a R$ 76,92 por cota. O MXRF11, com forte volume, fechou com alta de 0,97%, a R$ 10,36.

Quer construir uma carteira de Fiis alinhada com os seus objetivos? Clique aqui e fale agora mesmo com um especialista.
foto: Fernando Cesarotti
Fernando Cesarotti
Editor

Jornalista, editor do FIIs.com.br. Graduado pela Unesp, com pós-graduação em Jornalismo Literário, com mais de 20 anos de experiência em coberturas de economia, política e esportes. Passagem também pelo meio acadêmico, como professor universitário em cursos de Comunicação e líder de empresa júnior.

últimas notícias