A Vinci Estate Gestora de Recursos, gestora do FII Vinci Logística FII (VILG11), comunicou na última quarta-feira (28) aos seus investidores, sobre a desistência de compra de condomínio logístico no município da Serra, no estado do Espírito Santo. 

A gestora informou que o VILG11 “decidiu não dar continuidade à aquisição do Condomínio TIMS após o fim da vigência do acordo de exclusividade”. 

Porém, a Vinci Estate Gestora de Recursos destacou que a desistência não “impactará a expectativa para o término da alocação dos recursos captados na 6ª emissão de Cotas do Fundo”. 

A desistência não impactará os planos de fundo

Só para esclarecer, antes desta desistência, o VILG11 adquiriu 100% do empreendimento denominado Porto Canoa LOG, “que possui 93.690 m² de área bruta locável e dividida em dois galpões que se encontram 100% locados”, também no município da Serra. 

Esse imóvel foi comprado por no valor total de R$ 286.908 milhões, com cap rate estimado de 8,0% para os próximos 12 meses. 

Também, em março (12) o VILG11 adquiriu 50% de outro imóvel, um parque logístico localizado no estado de Pernambuco. Naquela ocasião, o fundo desembolsou R$66,284 milhões, sendo o cap rate da transação de 10,1%. 

Justamente por essas duas aquisições recentes, a gestora acredita  que “o encerramento da negociação pela compra do ativo não impactará a expectativa da Gestão do Fundo para o término da alocação dos recursos captados na 6ª emissão de Cotas do Fundo”. 

Conheça o VILG11

O Vinci Logística FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo. A prioridade dos seus investimentos está na compra e venda de galpões logísticos em diferentes regiões do Brasil. 

O fundo  possui patrimônio líquido de R$1,22 bilhões e tem aproximadamente 10.760.855 de cotas emitidas. 

Para quem deseja investir no VILG11, o preço atual da sua cota é de R$117,40 (valor atualizado dia 28/04), sendo sua taxa de administração de 0,95%a.a. sobre valor de mercado do fundo.