10 indicadores importantes para investir em Fundos Imobiliários

Para fazer uma análise antes de investir nos FIIs, é importante saber e conhecer alguns indicadores dos fundos imobiliários.

Mas para isso, o investidor deve se propor a atribuir um pouco do seu tempo para conhecer e estudar, pois, os indicadores de fundos imobiliários são essenciais na hora de fazer uma análise.

Escolher um bom fundo para investir não é uma tarefa intuitiva. Por isso, é importante que se conheça os indicadores dos fundos imobiliários devido ao fato de muitos investidores olharem apenas a rentabilidade, esquecendo de analisar outros quesitos que farão total diferença no longo prazo.

Pensando nisso, confira 10 indicadores que são muitos relevantes para o investimento em fundos imobiliários. Veja quais são eles:

  • Vacância dos imóveis
  • Dividend Yield
  • Valor Patrimonial do fundo e preço da cota
  • Cap Rate
  • Valor por m² do aluguel
  • Área Bruta Locável (ABL)
  • Valor por m² do Imóvel em relação à cotação de mercado
  • Administração/gestão
  • Taxas de administração e gestão
  • Tipo de gestão (passiva/ativa)

Neste artigo, vamos falar apenas dos três primeiros, mas vale a pena que você procure estudar e entender todos para não ter dúvidas na hora de escolher e montar uma carteira de fundos imobiliários.

Para saber mais sobre FIIs, acesse a aba “artigos” e confira dicas e informações de total relevância para o investidor.

indicadores fundos imobiliários

Vacância dos imóveis

Este dado está ligado diretamente à qualidade do ativo e também à capacidade do fundo em pagar seus rendimentos.

Esse indicador, em imóveis bons, bem geridos e bem localizados, normalmente é bem menor que o do mercado em geral.

Por isso, é fundamental a avaliação tanto da vacância atual quanto da histórica.

Pois, ao avaliarmos a vacância do imóvel por longos períodos, podemos verificar a resiliência do imóvel tanto em períodos em que o mercado está favorável, quanto em períodos mais adversos.

Os dados de vacância estão incluídos nos relatórios mensais dos fundos.

Dividend Yield

É muito importante saber avaliar e verificar o Dividend Yield de um fundo.

Pois ele mostra seu retorno de dividendos anual. Assim, dá para entender se o fundo está pagando um retorno adequado.

No entanto, o dividend yield não deve ser avaliado isoladamente e nem ser a única métrica a ser seguida pelo investidor.

Isso porque muitos fundos imobiliários possuem DY altos, mas sem consistência.

Um exemplo são os fundos que possuem Renda Mínima Garantida, que é um dividendo com prazo de validade.

Agora, para calcular o DY, basta o investidor somar todos os rendimentos mensais pagos pelo fundo nos últimos 12 meses.

Depois disso, é só dividir pela cotação atual do fundo.

E para concluir, multiplique por 10 e então o investidor obtém o Dividend Yield dos últimos 12 meses.

Valor patrimonial do fundo e preço da cota

indicadores fundos imobiliários

O valor patrimonial é o indicador que representa o valor de avaliação dos ativos de determinado fundo.

É importante destacar que esse valor é diferente do valor de mercado, que é o valor da cota negociada em bolsa.

Outro fato relevante é que alguns fundos imobiliários são negociados abaixo de seu valor patrimonial.

Sendo assim, os imóveis detidos pelo fundo costumam ter um valor maior do que o que é representado pelo valor da cota no mercado.

Por isso, avaliar esses dados pode ser importante para dar a noção ao investidor se ele está levando um ativo com desconto ou pagando muito caro por ele.

Bom, já deu para perceber como os indicadores de fundos imobiliários tem seu potencial e relevância. Portanto, não deixe de estudar, pois, o conhecimento sempre traz benefícios.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários