XPML11, XPLG11 e KNCR11: veja os fundos imobiliários indicados pela XP

XPML11, XPLG11 e KNCR11 estão entre os fundos imobiliários indicados pela XP Investimentos para janeiro. Veja a lista completa.

XPML11, XPLG11 e KNCR11: veja os fundos imobiliários indicados pela XP
XPML11, XPLG11 e KNCR11: veja os fundos imobiliários indicados pela XP. Foto: Pixabay

A XP Investimentos divulgou sua nova carteira recomendada de fundos imobiliários para o mês de janeiro de 2024, que conta com alguns dos FIIs mais conhecidos do mercado brasileiro, como XPML11, XPLG11 e KNCR11, por exemplo.

A carteira da XP Investimentos é composta por 14 fundos imobiliários com um caráter “mais defensivo”. Em seu relatório, os analistas da XP destacam que a carteira é voltada para investidores com um perfil aderente à renda variável.

No mês de dezembro, a carteira recomendada da XP apresentou uma performance de 4,72%, acima do IFIX, que teve uma alta mensal de 3,43%. O dividend yield médio da carteira no mês foi de 0,81%, correspondente a um DY de 9,7% ao ano.

Na busca de “captar assimetrias de mercado”, a XP inseriu o fundo imobiliário XPLG11 na sua nova carteira de fundos imobiliários. O peso do ativo no portfólio é de 5,0%. Outra alteração foi a diminuição da exposição no LVBI11 em 5%.

Outro ponto a se destacar é que a carteira da XP conta com alguns FIIs cuja recomendação é categorizada como “restrito”, por motivos de compliance. Veja abaixo a lista de fundos imobiliários recomendados para janeiro.

TickerRecomendaçãoSetorPeso
KNCR11CompraRecebíveis12,50%
MCCI11CompraRecebíveis9,50%
CPTS11CompraRecebíveis7,50%
XPCI11CompraRecebíveis7,50%
RBRR11CompraRecebíveis5,00%
TGAR11CompraHíbrido5,00%
HGRU11CompraHíbrido2,50%
LVBI11CompraAtivos Logísticos5,00%
BRCO11RestritoAtivos Logísticos5,00%
XPLG11CompraAtivos Logísticos5,00%
PVBI11RestritoLajes Corporativas15,00%
TEPP11CompraLajes Corporativas2,50%
XPML11RestritoShoppings14,00%
RBRF11CompraFundo de Fundos4,00%

Quais segmentos têm protagonismo na carteira de fundos imobiliários da XP?

A carteira de fundos imobiliários indicados da XP apresenta 13 ativos distribuídos entre os mais diversos segmentos. Um dos setores protagonistas do portfólio é o de recebíveis, com 42,0%.

Além disso, cerca de 17,5% da carteira de FIIs está exposta ao segmento de lajes corporativas, 15,0% em logística, 14,0% em shoppings, 4,0% em Fundos de Fundos (FOFs) e 7,5% são fundos híbridos.

“A carteira recomendada mantém sua maior alocação em fundos imobiliários com caráter mais defensivos e que buscam captar assimetrias de mercado”, destaca a XP.

foto: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias