4 fundos imobiliários dão “adeus” a Bolsa de Valores e outro FII divulga menor dividendo em mais de 2 anos; veja as mais lidas da semana

4 fundos imobiliários deram "adeus" a Bolsa de Valores? Outro FII divulgou o menor dividendo em mais de 2 anos? Veja as mais lidas da semana.

4 fundos imobiliários dão “adeus” a Bolsa de Valores e outro FII divulga menor dividendo em mais de 2 anos; veja as mais lidas da semana
4 fundos imobiliários dão "adeus" a Bolsa de Valores e outro FII divulga menor dividendo em mais de 2 anos. Foto: Pixabay

A notícia mais lida da semana foi sobre os fundos imobiliários que deixaram de ser negociados na Bolsa de Valores. Quais são eles?

Outro destaque da semana foi sobre o BTCI11, que anunciou um novo pagamento de dividendos para o mês de fevereiro.

Os FIIs BTLG11 e HGRU11 estão entre os 10 melhores fundos imobiliários para investir em fevereiro, de acordo com os analistas da Guide.

A carteira da Mirae Asset também repercutiu entre os investidores, contando com HGLG11, BCFF11 e outros 8 FIIs recomendados para fevereiro.

O fundo imobiliário XPML11 concluiu a venda de um shopping pelo valor de R$ 65,887 milhões. Mas qual foi o retorno obtido?

Confira a seguir um breve resumo com as notícias mais lidas da semana no mercado de fundos imobiliários e Fiagros.

1.   Quatro FIIs deixam de ser negociados na B3 e serão liquidados; entenda

Quatro fundos imobiliários tiveram seu último pregão na Bolsa de Valores no dia 2 de fevereiro de 2024, e inclusive já deixaram o mercado secundário. São eles: BLMC11, BLMR11, MORC11 e MORE11.

Isso porque os investidores desses fundos imobiliários aprovaram em assembleia a venda de todos seus ativos ao RVBI11, o que fará com que esses FIIs sejam liquidados, cuja concretização desse processo está prevista para até o final do mês.

LEIA MAIS: Quatro FIIs deixam de ser negociados na B3 e serão liquidados; entenda

2.   BTCI11 anuncia novos dividendos para fevereiro; veja o valor

O fundo imobiliário BTCI11 divulgou novos dividendos, no valor de R$ 0,092 por cota, o que representa o menor patamar em 27 meses – em mais de 2 anos. O pagamento será realizado no dia 16 de fevereiro de 2024, porém apenas aos cotistas com posição comprada no FII até o encerramento da sessão do dia 7 de fevereiro de 2024.

Os dividendos do BTCI11 representam um dividend yield (DY) mensal de 0,8932%, considerando a cotação base de R$ 10,30. Em 12 meses, os rendimentos perfazem um DY de 11,85%, com a distribuição acumulada de R$ 1,208 por cota no período.

LEIA MAIS: BTCI11 anuncia novos dividendos para fevereiro; veja o valor

3.   Com BTLG11 e HGRU11, Guide aponta os 10 melhores FIIs para investir em fevereiro; confira lista

A Guide Investimentos divulgou sua carteira recomendada de fundos imobiliários para o mês de fevereiro, mantendo suas apostas em FIIs de tijolos, como o BTLG11, HGRU11 e TRXF11.

A carteira da Guide tem 10 fundos imobiliários, cujo dividend yield projetado é de 9,8% ao ano, enquanto o P/VP desse portfólio é de 1,01x. Os FIIs recomendados para fevereiro são: BTLG11 (10%), CVBI11 (10%), HGBS11 (10%), HGFF11 (10%), HGPO11 (10%), HGRU11 (10%), PVBI11 (10%), RBRY11 (10%), TRXF11 (10%) e XPML11 (10%).

LEIA MAIS: Com BTLG11 e HGRU11, Guide aponta os 10 melhores FIIs para investir em fevereiro; confira lista

4.   HGLG11, BCFF11 e mais: veja 10 fundos imobiliários recomendados para fevereiro

A Mirae Asset anunciou uma nova carteira recomendada de fundos imobiliários para fevereiro, contando com 10 ativos com peso de 10% cada. O desempenho da carteira em janeiro foi inferior ao do IFIX (+0,7%) e do CDI (+1,0%).

A carteira de FIIs não teve alterações para fevereiro, ficando com os seguintes fundos imobiliários: BCFF11, BRCO11, BTLG11, HGLG11, BTCI11, VGHF11, RBRF11, TRXF11, VISC11 e XPML11.

LEIA MAIS: HGLG11, BCFF11 e mais: veja 10 fundos imobiliários recomendados para fevereiro

5.   XPML11 conclui venda de shopping por R$ 65,887 milhões; qual foi o retorno?

O fundo imobiliário XPML11 anunciou a conclusão da venda de 17,50% do Caxias Shopping por R$ 65,887 milhões, desconsiderando um eventual pagamento de earn-out. Essa quantia ficou dividida em 2 parcelas, com uma delas de R$ 52,709 milhões, paga ao FII no dia 31 de janeiro de 2024.

O valor de R$ 13,177 milhões vai ser pago ao FII XPML11 em julho de 2024, e a quantia passará nesse período por uma atualização monetária de acordo com a variação do IPCA. Caso aplicável, o pagamento de earn-out se limita a R$ 4,112 milhões.

LEIA MAIS: XPML11 conclui venda de shopping por R$ 65,887 milhões; qual foi o retorno?

Assim, dos fundos imobiliários que deixaram a B3 até o XPML11, essas foram as notícias mais lidas da semana do fiis.com.br.

foto do autor: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias